Tecnologia

Preso estelionatário virtual que ganhou até comunidade no Orkut

Segundo a polícia, Aurélio Adriano do Nascimento vendia celulares na internet e não entregava os produtos

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às 03h48.

São Paulo - Um homem foi preso ontem, em São Luís, no Maranhão, acusado de praticar estelionato pela internet. Aurélio Adriano do Nascimento anunciava celulares no site de comércio eletrônico MercadoLivre a preços abaixo do valor do mercado. Após a venda, os produtos não eram entregues.

O homem fez tantas vítimas que até ganhou uma comunidade na rede social Orkut, "Aurélio Adriano já te lesou?", que conta com 121 membros. "Se você já foi vítima de alguma venda efetuada por Aurélio Adriano do Nascimento, de São Luís do Maranhão, por favor relate sua historia", diz a descrição da página.

Foi por meio dela que a polícia iniciou as investigações até chegar a Nascimento. Depois da prisão, mais de 30 vítimas procuraram a delegacia de São Luís. Nascimento também possui registros de reclamação contra ele em sites como o Reclame Aqui e fóruns de discussão na web. Ele já havia sido preso no ano passado no Piauí pela mesma prática.

A polícia pediu a quebra do sigilo bancário de Nascimento para saber quanto ele arrecadou com o golpe nos últimos anos. Adriano possui inquéritos contra ele nos Estados do Piauí, Paraíba, Distrito Federal e Maranhão.

REPRODUÇÃO

Acompanhe tudo sobre:América Latinacrimes-digitaisDados de BrasilFraudesGoogleInternetOrkutRedes sociaisseguranca-digital

Mais de Tecnologia

TikTok passa a testar vídeos de 60 minutos e acirra disputa com YouTube

Como tirar o online do WhatsApp no Android? Confira o tutorial no app

Como escanear documentos no seu smartphone sem instalar nada

Como descobrir uma fonte a partir da imagem pela internet

Mais na Exame