A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Netflix, Amazon e Globoplay superam audiência da maioria dos canais de TV

Dados do Ibope mostram que streaming só fica atrás da Rede Globo

As plataformas de streaming tiveram um crescimento intenso com a pandemia do novo coronavírus. Ao contrário de muitos setores, esse foi um dos poucos beneficiados pela covid-19 e, após bater a audiência da TV paga, o streaming ultrapassou também outros canais mais tradicionais da TV aberta, ficando atrás apenas da Rede Globo.

Segundo o Ibope, o consumo de aplicativos como a Netflix, o Amazon Prime Video, Globoplay, entre outros, ficou em 7,0 pontos e 15% de participação de mercado no Brasil.

A informação foi divulgada pelo colunista Ricardo Feltrin, do site UOL. Isso quer dizer que em junho, de 100 televisões no país, pelo menos 15 estavam conectadas a algum serviço de streaming.

Em comparação com a TV aberta, só a Globo ultrapassou a maratona de séries online. Com 15,0 pontos e 32,6% de participação de mercado, a emissora ainda é líder no setor televisivo.

O streaming na pandemia

O serviço cresceu em 20% de 9 e 23 de março, de acordo com a Conviva, consultoria americana especializada no mercado de vídeos.

Para 2020, a estimativa é que a pandemia acelere o crescimento da base de novos assinantes de serviços de streaming no mundo.

A consultoria Strategy Analytics prevê um total de 949 milhões de assinantes até o fim do ano, 5% mais do que a estimativa calculada antes do novo coronavírus. Em 2019, eram 805 milhões. Com isso o faturamento do mercado, que alcançou 24 bilhões de dólares no ano passado, também tende a acelerar.

No dia 16 de abril, as ações da Netflix atingiram seu maior valor da história, 439 dólares, o que fez a empresa superar o valor de mercado da Disney pela primeira vez. Como se vê, a Net­flix e os demais serviços de strea­­­ming podem sair da quarentena ainda mais fortes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também