Acompanhe:

Fotos não foram vazadas pelo iCloud, diz Apple

"certas contas de celebridades foram comprometidas por um ataque muito segmentado a nomes de usuário, senhas e perguntas de segurança", disse a Apple

Modo escuro

Continua após a publicidade

	iCloud: representantes de celebridades e especialistas em segurança a advertiram sobre os perigos de armazenamento de dados na Internet
 (Reprodução)

iCloud: representantes de celebridades e especialistas em segurança a advertiram sobre os perigos de armazenamento de dados na Internet (Reprodução)

E
Edwin Chan, Jeffrey Dastin, Michael Parks e Patricia Reaney

Publicado em 3 de setembro de 2014 às, 06h57.

Nova York - A Apple disse nesta terça-feira que a postagem online de fotos íntimas de celebridades de Hollywood foram alvos de ataque em suas contas do iCloud e nenhum dos casos investigados resultou em violação direta de seu sistema.

A resposta da Apple veio após fotos da atriz ganhadora do Oscar, Jennifer Lawrence, e de outras artistas, surgirem no fim de semana. A empresa disse que está trabalhando com a aplicação da lei e continua a investigar a origem dos ataques.

"Nós descobrimos que certas contas de celebridades foram comprometidas por um ataque muito segmentado a nomes de usuário, senhas e perguntas de segurança, uma prática que tem se tornado muito comum na Internet", disse a Apple em comunicado.

"Nenhum dos casos investigados resultaram de violação em sistemas da Apple incluindo o iCloud ou Find my iPhone."

O problema ocorreu no momento em que a Apple prepara o lançamento de um novo iPhone na próxima semana e, mais importante, enquanto smartphones cada vez mais tornam-se o depósito de dados sensíveis, como bancários e pessoais.

Atentos ao ocorrido, representantes de celebridades e especialistas em segurança a advertiram nesta terça-feira sobre os perigos de armazenamento de dados na Internet.

Martin Garbus, um advogado de defesa de Nova York que ao longo dos anos tem representado atores como Al Pacino, Sean Connery, Robert Redford e outros, disse que clientes preocupados se aproximaram dele após uma aparente invasão em massa.

"Nada é seguro na Internet, ponto", disse ele à Reuters. "Tudo no seu iPhone, sejam telefonemas, mensagens de texto, imagens, está tudo disponível".

Garbus disse que clientes começaram a entrar em contato com ele após fotos íntimas de Lawrence, estrela da franquia de filmes "Jogos Vorazes" e vencedora do Oscar de melhor atriz no filme "O lado bom da vida", e outras mulheres de destaque tornaram-se públicas no domingo.

Fotos pessoais da modelo da Sports Illustrated, Kate Upton, e da atriz norte-americana, Mary Elizabeth Winstead, também foram postadas no fórum de compartilhamento de imagens 4Chan.

"Este é apenas um de uma série de alertas que as pessoas estão ignorando", disse Chris Crowleigh, especialista em cibersegurança em dispositivos móveis do Instituto SANS.

Representantes de Lawrence descreveram a divulgação das fotos como uma "flagrante violação de privacidade" e disse que as autoridades foram contactadas. Um porta-voz do FBI disse a agência está tratando do assunto.

Últimas Notícias

Ver mais
Nubank aumenta aposta e aporta US$ 100 milhões na operação do México
Exame IN

Nubank aumenta aposta e aporta US$ 100 milhões na operação do México

Há 11 horas

CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar
Exame IN

CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar

Há um dia

Usada por Nathalia Beauty e Cortella, plataforma americana para pequenos negócios abre no Brasil
seloNegócios

Usada por Nathalia Beauty e Cortella, plataforma americana para pequenos negócios abre no Brasil

Há um dia

Além de óculos e relógios: Chilli Beans abre o leque e aposta em bebidas e caixas de som
Casual

Além de óculos e relógios: Chilli Beans abre o leque e aposta em bebidas e caixas de som

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais