Acompanhe:

Custo para bloquear sinal de celular em prisões de SP chega a R$ 1,1 bi

São Paulo - Os gastos do Governo do Estado de São Paulo com sistemas para bloquear o sinal de celulares em presídios chegarão a quase 1,1 bilhão de reais. A informação...

Modo escuro

Continua após a publicidade
antena (Morguefile)

antena (Morguefile)

G
Gustavo Gusmão

Publicado em 3 de setembro de 2013 às, 13h26.

São Paulo - Os gastos do Governo do Estado de São Paulo com sistemas para bloquear o sinal de celulares em presídios chegarão a quase 1,1 bilhão de reais. A informação é do jornal Folha de S. Paulo, e os valores devem envolver equipamentos para 30 dos mais de 150 presídios no estado.

Os custos representam um terço do orçamento da Secretaria de Administração Penitenciária. Mas, mais surpreendente, eles equivalem ao dobro do que será gasto com comida, higiene e alojamento de todos os presos em São Paulo – são quase 200 mil deles.

A licitação deve ser lançada na semana que vem, e a ideia é instalar os bloqueadores de sinais nas trinta prisões entre novembro deste ano e março do próximo. Os sistemas testados são um gerador de ruídos e um simulador de estação rádio base (ERB), e os gastos mensais com em cada um dos presídios ficarão entre 1 milhão e 3 milhões de reais. Entre os locais que receberão um dos sistemas, estão as prisões de Presidente Venceslau, Avaré e Guarulhos.

Os experimentos com as duas ferramentas vêm acontecendo desde o começo do ano, e terminaram no mês passado. De acordo com o governo e com as empresas que fizeram os testes, o vazamento do bloqueio de sinal foi resolvido, e “a precisão foi cirúrgica”, como afirmou o dono de uma das companhias à Folha.

A concorrência na licitação não se limitará aos dois sistemas, no entanto. Entrará também na disputa uma ferramenta que consiste em duas maletas portáteis, que também bloqueiam sinais de celulares e de internet sem fio.

Últimas Notícias

Ver mais
Enel SP apresenta a Nunes plano de investimento de R$ 6,2 bilhões entre 2024 e 2026
Brasil

Enel SP apresenta a Nunes plano de investimento de R$ 6,2 bilhões entre 2024 e 2026

Há 11 horas

Ônibus aquático é liberado, mas viação responsável é suspeita de elo com PCC
Brasil

Ônibus aquático é liberado, mas viação responsável é suspeita de elo com PCC

Há 20 horas

De menu assinado a comida brasileira: 3 opções de almoço executivo na região da República em SP
Casual

De menu assinado a comida brasileira: 3 opções de almoço executivo na região da República em SP

Há 22 horas

'Não vamos permitir invasões em São Paulo', diz Tarcísio sobre 'abril vermelho' do MST
Brasil

'Não vamos permitir invasões em São Paulo', diz Tarcísio sobre 'abril vermelho' do MST

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais