Acompanhe:

O vice-ministro do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação, Zhang Yunming, afirmou que a China intensificará a pesquisa e desenvolvimento de tecnologias-chave, como comunicações sem fio e redes inovadoras. O país prevê o lançamento oficial do 6G em 2030.

Zhang Yunming destacou a necessidade de antecipar o desenvolvimento do ecossistema de aplicativos 6G. Ele enfatizou a aceleração da integração de novas aplicações e indústrias emergentes, como realidade estendida (XR), gêmeos digitais e robótica, com a tecnologia 5G. Isso visa solidificar a base para aplicativos 6G. Zhang também pediu que as empresas de telecomunicações e as indústrias verticais colaborem de perto em todas as fases do processo, desde a pesquisa de demandas até o desenvolvimento tecnológico e a definição de padrões, construindo juntas um ecossistema próspero para aplicações 6G.

O líder do Grupo de Promoção 6G, Wang Zhiqin, revelou que a previsão para o início da comercialização do 6G é por volta de 2030, com a padronização ocorrendo em 2025. Ele destacou que o 6G não se trata apenas de velocidade, mas tem como alvo principalmente questões relacionadas à gestão e governança social. Wang ressaltou três novos cenários propostos pelo 6G: a combinação de comunicação e percepção, a combinação de comunicação e inteligência artificial, e cenários semelhantes ao conceito de Internet das Coisas difundida, representando a convergência entre o céu e a terra.

Em 5 de dezembro, o Grupo de Promoção 6G da China divulgou documentos técnicos que fornecerão diretrizes tecnológicas para a transição de uma Internet das Coisas para uma Internet das Inteligências.

O Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação, nos últimos anos, tem colaborado com várias partes interessadas para avançar em pesquisas de visão e demanda 6G, desenvolvimento tecnológico e cooperação internacional, alcançando progressos significativos. O ministério também estabeleceu o Grupo de Promoção IMT-2030 (6G), delineando o uso da faixa de frequência de 6 GHz para 5G/6G e fornecendo políticas de apoio para o desenvolvimento inovador do 6G.

A China está na vanguarda do desenvolvimento do 6G e continua a fortalecer sua presença internacional, estabelecendo parcerias com organizações como a Associação de Redes e Negócios Inteligentes 6G da Europa (6G-IA), o Fórum 6G da Coreia e a Associação de Desenvolvimento de Padrões de Comunicação da Índia (TSDSI).

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
China expande alcance da lei de segredos de estado
Mundo

China expande alcance da lei de segredos de estado

Há 5 horas

Rússia ensaiou usar armas nucleares e temeu invasão da China, diz jornal
Mundo

Rússia ensaiou usar armas nucleares e temeu invasão da China, diz jornal

Há 5 horas

Argentina autoriza entrada da Starlink, a internet via satélite de Elon Musk
Tecnologia

Argentina autoriza entrada da Starlink, a internet via satélite de Elon Musk

Há um dia

MWC 2024: China Mobile e Huawei anunciam seus cronogramas para a comercialização de 5.5G
Tecnologia

MWC 2024: China Mobile e Huawei anunciam seus cronogramas para a comercialização de 5.5G

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais