Tecnologia

Celular para SMS é a aposta da Nokia

A Nokia espera ver neste ano um crescimento bastante acelerado nas vendas de aparelhos para mensagens de texto, que vêm com teclados completos, afirmou um executivo da empresa finlandesa

No último trimestre, as vendas dos modelos da série E da Nokia quase dobraram em relação ao mesmo período de 2008, para 6,1 milhões de aparelhos

No último trimestre, as vendas dos modelos da série E da Nokia quase dobraram em relação ao mesmo período de 2008, para 6,1 milhões de aparelhos

DR

Da Redação

Publicado em 2 de março de 2010 às 10h18.

"Tivemos grandes sucessos, como o E71 no passado e agora com o E72, e claramente, ao olharmos para este ano, a taxa de crescimento desses aparelhos de mensagens irá continuar extremamente alta", disse o vice-presidente da Nokia Ilari Nurmi, durante visita à Arábia Saudita.

O smartphone E71 da Nokia - que conta com um teclado completo, diferentemente dos teclados numéricos normalmente usados em celulares - está entre os melhores modelos da empresa, que agora visa aumentar a disponibilidade de teclados maiores em seus smartphones.

No último trimestre, as vendas dos modelos da série "E" da Nokia quase dobraram em relação ao mesmo período de 2008, para 6,1 milhões de aparelhos.

As parcerias da Nokia com a Microsoft e a IBM - possibilitando o uso dos programas de e-mail corporativo Outlook e Lotus nos celulares - devem ajudar a Nokia a expandir sua presença no mercado americano, afirmou Nurmi.

A Nokia tenta há anos tomar o lugar da Research in Motion (RIM) como maior provedora de e-mail móvel para o setor corporativo, mas não conseguiu, até agora, ameaçar a liderança da fabricante do BlackBerry no importante mercado da América do Norte.

Acompanhe tudo sobre:CelularesEmpresasempresas-de-tecnologiaIndústria eletroeletrônicaNokiaTendências

Mais de Tecnologia

Americanos confiam mais no TikTok para notícias do que em outras redes, diz pesquisa

Novidade no antigo Twitter: Elon Musk oculta curtidas no X

Muito além da IA: 10 novidades para esperar no seu iPhone e iPad

Brasil será primeiro país a receber recurso antirroubo do Google para android

Mais na Exame