Acompanhe:

Como não prejudicar sua produtividade com “olhos cansados”

Lentes corretivas desenvolvidas para quem utiliza diversas telas digitais podem minimizar esse problema

Modo escuro

Continua após a publicidade
Incômodo: lacrimejar, sentir ardência e dor nos olhos prejudicam o desempenho de atividades normais no trabalho  (Getty Images/Getty Images)

Incômodo: lacrimejar, sentir ardência e dor nos olhos prejudicam o desempenho de atividades normais no trabalho (Getty Images/Getty Images)

A
Abril Branded Content

Publicado em 12 de junho de 2017 às, 18h36.

Última atualização em 31 de julho de 2017 às, 14h56.

Você passa o dia entre dispositivos móveis, como celular e tablet, e sente que está produzindo menos no trabalho porque seus olhos estão secos e sem foco? É possível que você esteja com “olhos cansados”, definição popular tanto para presbiopia, cansaço normal do envelhecimento ocular, quanto para astenopia, cansaço causado pelo esforço visual excessivo.

Segundo o oftalmologista Arlindo Portes, diretor de cursos da Sociedade Brasileira de Oftalmologia e professor titular de oftalmologia da Universidade Estácio de Sá, os dois problemas podem, de fato, atrapalhar a produtividade no trabalho. Isso porque quem sofre com qualquer uma delas pode sentir dificuldade para focalizar letras ou imagens, mesmo que elas estejam na distância habitual de leitura.

“O material de leitura terá de ser afastado dos olhos para poder ser visto mais nitidamente”, explica. Também ocorre de a pessoa lacrimejar, sentir ardência e dor nos olhos e ter visão dupla ou turva, o que invariavelmente prejudica o desempenho das suas atividades normais no trabalho.

Tratamento

Para evitar que esses sintomas levem a sua produtividade por água abaixo, o médico recomenda a realização de exames oftalmológicos para identificar a necessidade de correção óptica. Se for o caso, ela será prescrita e deverá ser reavaliada anualmente. “Se o indivíduo estiver com idade de 40 anos e não fizer acompanhamento oftalmológico constante, deverá submeter-se à avaliação ocular”, ressalta ele. É nessa idade que os sintomas da presbiopia costumam surgir.

No entanto, se for identificada uma astenopia ocupacional, que é aquele tipo de cansaço visual causado pelo uso intenso de dispositivos digitais, a recomendação é usar lentes corretivas que permitam a visão de todas as telas digitais – celular, tablet ou computador. “Essas telas ficam a diferentes distâncias dos olhos e, portanto, o melhor seria que o indivíduo usasse uma lente que permitisse ler a diferentes distâncias ou usando diversos focos”, afirma o especialista. “A lente que possibilita essa visão é chamada de progressiva ou ocupacional.” 

É o caso das ZEISS Digital Lenses, desenvolvidas especialmente para pessoas que passam o dia alternando o foco entre uma tela digital e outra e sentem os primeiros desconfortos com a visão de perto. Uma pesquisa interna realizada pela ZEISS com 84 usuários de lentes corretivas em 2014 demonstrou que 74% dos usuários da nova lente ZEISS Digital Lenses sentiram mais conforto visual no fim do dia em comparação com suas lentes anteriores sem essa tecnologia.

Além do uso de óculos, mais duas recomendações podem diminuir os sintomas de cansaço visual de quem trabalha com telas digitais. A primeira é posicionar o monitor a uma distância de 50 a 60 centímetros dos olhos e na mesma altura deles. A outra é que a sala do computador esteja iluminada, minimizando reflexos na tela.

Para saber mais sobre as ZEISS Digital Lenses, visite www.lentesdigitais.com.br.

Últimas Notícias

Ver mais
CEO da Alliança renuncia e Isabella Tanure assume comando
Exame IN

CEO da Alliança renuncia e Isabella Tanure assume comando

Há 15 horas

Paraíso nórdico em risco: problemas na Saúde expõem fissuras no Estado de bem-estar social na região
Mundo

Paraíso nórdico em risco: problemas na Saúde expõem fissuras no Estado de bem-estar social na região

Há 2 dias

A ciência dos vinhos: Emily Ewell, CEO da Pantys, também se dedica nos estudos sobre vinhos
seloRevista Exame

A ciência dos vinhos: Emily Ewell, CEO da Pantys, também se dedica nos estudos sobre vinhos

Há 5 dias

Dengue: governador do Rio decreta epidemia após 4 mortes e 49 mil casos notificados no estado
Brasil

Dengue: governador do Rio decreta epidemia após 4 mortes e 49 mil casos notificados no estado

Há 6 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais