Combinações sem erro

O que vestir em situações que sempre se repetem
 (Leandro Fonseca/Exame)
(Leandro Fonseca/Exame)
D
Daniel Salles

Publicado em 02/05/2022 às 10:00.

Última atualização em 02/05/2022 às 12:32.

(Divulgação/Divulgação)

Casamento na praia

Aposta segura: se o convite não indicar o dress code, bata o martelo no clássico. Se o evento for de dia, vá de costume claro; se for de noite, opte por um modelo marinho. Para driblar o inevitável calor, prefira tecidos leves como a lã fria Super 180 ou mesmo linho, que é sinônimo de festas à beira-mar. 

Detalhes: a gravata precisa seguir a mesma cartela do costume — bege-rosado, azul-claro ou rosa são escolhas recorrentes. Quando a festa engrenar, o acessório pode ir para o bolso do paletó. Coloque um ramo de flor na lapela e, nos pés, dockside, mocassim ou uma sandália de couro. Óculos estão liberados.


(Divulgação/Divulgação)

Casamento no campo

Aposta segura: ternos cinza-claro ou bege são boas escolhas para eventos diurnos, que tendem a apostar na informalidade. Se o casamento for à noite ou no fim de tarde, prefira tons mais escuros, pois a festa não vai acabar tão cedo. Azul-marinho ou cinza-escuro dão conta do recado. 

 Detalhes: a gravata costuma ser dispensada nesse caso (até para os noivos) e a camisa pode ser listrada ou até quadriculada. Sapatos brogue, abotinados marrons e até mesmo calçados bem casuais são vistos com frequência em eventos do tipo. Lembre-se de usar meias não tão chamativas. 


(Divulgação/Divulgação)

Casamento na cidade (de dia)

Aposta segura: trata-se de uma situação ideal para você recorrer ao terno, combinação que não dispensa o colete (não confundir com costume). O acessório ajuda a se manter na estica mesmo na inevitável hora de tirar o paletó. É uma dica que vale não só para os pais dos noivos e padrinhos. Cinza ou azul-marinho são as cores preferenciais. 

Detalhes: fuja daquela gravata plastron, de gosto discutível, e prefira uma tradicional, clarinha (as mais finas são as mais indicadas). Sapatos clássicos são os mais recomendados. Convém não esquecer de um relógio à altura. 


(Divulgação/Divulgação)

Casamento na cidade (de noite)

Aposta segura: casamentos que pedem smoking e gravata-borboleta são cada vez mais raros, embora sempre inesquecíveis. O substituto dele, em recepções mais formais, costuma ser o terno preto com direito a camisa branca com colarinho atual e gravata estreita. Um modelo azul-marinho é outra escolha acertada. 

Detalhes: vale a pena colocar uma flor na lapela, abotoaduras (onde mais você irá usá-las?) e um lenço no bolso do paletó, o pocket square. O sapato mais indicado é o oxford, que precisa estar impecável. Aproveite a ocasião para usar o seu relógio mais valioso. 


(Divulgação/Divulgação)

Entrevista de emprego

Aposta segura: depende do tipo de emprego, claro. Chegar de terno a uma startup na qual só se usa moletom e colete puffer pode ser uma roubada. Na dúvida, guie-se por esse clichê: a primeira impressão é a que fica. Um blazer, uma camisa social discreta e sapatos despretensiosos jamais vão depor contra você. 

Detalhes: aposte em acessórios que dão pistas de sua personalidade, como pulseiras de couro e anéis. Se for adepto da barba, não esqueça de dar um trato nela (o mesmo vale para o cabelo). Se o smartphone estiver com a tela quebrada, deixe-o no bolso o tempo inteiro. E não esqueça de uma pasta de respeito. 


(Divulgação/Divulgação)

Jantar com o chefe

Aposta segura: um costume de cor discreta vai deixá-lo confortável e seguro do começo ao fim do evento. Dispense a gravata para mostrar que você não se sentiu intimidado com o convite do chefe. Camisas são mais indicadas, mas uma camiseta branca também está à altura da missão. 

Detalhes: uma bota social ou um par de sneakers, que precisam estar impecáveis, vão ajudá-lo a se destacar. O mesmo vale para o lenço no bolso do paletó, o pocket square. Previna-se e leve uma carteira da qual você não sinta vergonha. É de bom tom tirá-la do bolso quando chegar a conta, mesmo que o chefe pague.


(Divulgação/Divulgação)

Almoço de fim de semana

Aposta segura: não tenha medo de tirar a bermuda do guarda-roupa (desde que ela esteja impecável e não fique gigantesca no seu corpo). Prefere calça? Opte por modelos chino com cores claras, que combinam com qualquer blazer ou cardigã. Camisas leves e frescas são as mais indicadas, assim como as estampadas, de manga curta, ou as polos. 

Detalhes: o calçado mais apropriado é o mocassim, que também pode dar lugar a um par de sneakers clarinhos. Mesmo se estiver de calça, convém não usar meias ou bater o martelo naquelas que não ficam à mostra. Óculos de sol estilosos são bem-vindos. 


Passado esfumaçado

O smoking, traje de gala que remete aos tapetes vermelhos, remonta a um hábito que definitivamente já perdeu a elegância: fumar. Como o nome da vestimenta não deixa mentir, ela era usada pelos ingleses, no século 19, quando eles iam baforar seus charutos. Daí a preferência por tecidos como o veludo, no qual a fumaça impregna menos. Quem popularizou a vestimenta nos Estados Unidos foi o aristocrata americano James Potter. Após ele a usá-la no exclusivíssimo clube Tuxedo Park, em Nova York, vários outros endinheirados americanos teriam caído de amores por ela. Com o passar dos anos vieram a gravata-borboleta, a lapela acetinada e uma aura de elegância inquestionável. Não à toa, o agente secreto 007 jamais abre mão de seu smoking.


(Felipe Mayerle/Exame)

Gravata-borboleta decifrada

Como dominar o acessório, que pode ser usado tanto com smokings como com ternos modernos 

1. Envolva a gravata ao redor do pescoço. Deixe a ponta de cima aproximadamente 3 cm maior do que a outra.

2. Cruze o lado mais comprido sobre o curto. Passe a ponta maior por dentro, formando um nó simples.

3. Coloque o lado solto para a esquerda e depois dobre-o sobre si mesmo para a direita. Segure essa dobra.

4. A dobra será o laço entre as duas pontas do colarinho. Estique a ponta que passou por dentro até a frente do laço. 

5. Pegue os dois lados do laço na horizontal e empurre-os para encostar na ponta solta. Ele deve ficar no meio. 

6. Para finalizar o nó da gravata, aperte o laço puxando os dois lados e as duas metades simultaneamente.

Veja Também

Chill out
Revista Exame
Há 3 meses • 2 min de leitura

Chill out

Embarque imediato 
Revista Exame
Há 3 meses • 3 min de leitura

Embarque imediato 

Um pé na academia...
Revista Exame
Há 3 meses • 3 min de leitura

Um pé na academia...