Morre Bobi, o cachorro mais velho do mundo, aos 31 anos

Animal estava hospitalizado há alguns dias, devido às fragilidades de sua saúde pela idade avançada

Bobi, cachorro foi reconhecido pelo Guinness Book como o mais velho do mundo (Guinness Book/Reprodução)

Bobi, cachorro foi reconhecido pelo Guinness Book como o mais velho do mundo (Guinness Book/Reprodução)

Mateus Omena
Mateus Omena

Repórter da Home

Publicado em 23 de outubro de 2023 às 11h56.

Última atualização em 23 de outubro de 2023 às 11h58.

Conhecido como o cão mais velho do mundo, Bobi, de 31 anos e 165 dias, morreu neste sábado, 21, na região do Alentejo, em Portugal. O óbito foi divulgado pela Dra. Karen Becker, uma veterinária que acompanhava a saúde do pet.

Em uma publicação nas redes sociais, Karen escreveu: “Ontem à noite, esse menino querido ganhou suas asas. Apesar de ter sobrevivido a todos os cães da história, os seus 11.478 dias na terra nunca seriam suficientes para aqueles que o amavam. Boa sorte, Bobi… você ensinou ao mundo tudo o que deveria ensinar.”

No texto, Karen explicou que era próxima também de Leonel, o tutor de Bobi, e ficava surpresa com a longevidade do aninal. Segundo ela, o segredo da vida longa do cachorro era: “Boa alimentação, contato constante com a natureza, liberdade para descobrir o ambiente, cuidados veterinários consistentes e amor. Bobi sabe que é profundamente amado.”

De acordo com o site SIC Notícias, Bobi estava hospitalizado há alguns dias, devido às fragilidades pela idade avançada, mas não sobreviveu.

“Iniciamos um tratamento específico. No entanto, ele não resistiu. Foi uma luta dura e só um guerreiro como ele podia ter aguentado este tempo”, disse Leonel.

E acrescentou: “Ficam as melhores memórias de uma longa vida onde foi feliz e principalmente fez muita gente feliz, principalmente a sua família que hoje sente que um dos seus pilares ruiu".

Trajetória

Bobi nasceu em 11 de maio de 1992 e vivia em uma área rural de Leiria. Ele ficou famoso pela simpatia e, principalmente, pela idade avançada. Para sua raça, a expectativa de vida fica entre 12 e 14 anos.

Além de ser o cão mais idoso vivo, Bobi era o mais velho entre todos os registros do Guinness Book, o livro dos recordes. Até então, o título de cachorro mais velho era do pastor australiano Bluey, que morreu em 14 de novembro de 1939, aos 29 anos.

Desde o reconhecimento, o cachorro recebeu visitas na casa onde morava com o tutor Leonel e foi fotografado para peças publicitárias e matérias na imprensa.

Acompanhe tudo sobre:CachorrosExpectativa de vida

Mais de Pop

Dia Mundial do Livro: 10 frases de obras marcantes da literatura

Dia de São Jorge é feriado? Conheça a história do santo e saiba a origem da data

Davi ganha homenagem em telão da Times Square; veja

'Bridgerton': elenco da 3ª temporada fará turnê mundial, com passagem pelo Brasil

Mais na Exame