PME

Por que Luiza Trajano e Caito Maia se tornaram sócios de barbearia

Empresários são sócios da barbearia ‘O Rei do Blindado’, famosa nas redes sociais pelos cortes de cabelo masculinos super coloridos e que não se desfazem

Ariel Franco, fundador da barbearia "O Rei do Blindado": momento é de realização de um sonho (Divulgação/Divulgação)

Ariel Franco, fundador da barbearia "O Rei do Blindado": momento é de realização de um sonho (Divulgação/Divulgação)

KS

Karina Souza

Publicado em 16 de julho de 2021 às 19h38.

Última atualização em 16 de julho de 2021 às 21h18.

Pensar em Luiza Trajano é lembrar da Magazine Luiza. E pensar em Caito Maia é relacioná-lo à marca de óculos Chilli Beans. Mesmo já sendo reconhecidos pelo sucesso em ambas as marcas, os empresários se uniram ao empreendedor Ariel Franco e se tornaram sócios da barbearia “O Rei do Blindado”, que vai abrir a primeira filial neste sábado, 17. Mas afinal, como e por que eles resolveram investir no negócio?

Tudo começou no programa de televisão Shark Tank, do qual ambos os empresários participaram, há dois anos. Nele, Ariel contou sua história de superação e sensibilizou a ambos, que resolveram investir no negócio.

Caito e Luiza pagaram R$ 250 mil em troca de 30% de participação na empresa, para investimentos em expansão e numa escola de barbeiros, idealizada por Ariel. Agora, como parte do investimento, a primeira filial da marca deve ser inaugurada no Shopping Metrô Tatuapé, na zona leste de São Paulo. A ideia é que mais franquias sejam abertas pelo país em breve.

“Estou realizando um sonho, que também servirá de inspiração para muitas pessoas que desejam ter seu próprio negócio. Com muito trabalho e dedicação, espero que este seja o início de uma parceria duradoura e de muito sucesso”, diz Ariel, em nota. 

O nome “O Rei do Blindado” vem do corte de cabelo, chamado “blindado” que consiste num penteado bastante colorido e que não desmonta de jeito nenhum. Para comprovar isso, Ariel levou ao Shark Tank uma moto e a colocou em cima da cabeça de um jovem -- e nem assim o penteado saiu do lugar. 

O jovem, que tem cerca de 490 mil seguidores no instagram (@arieldoblindado), começou a cortar cabelo na cadeia, onde esteve preso por dois anos. Quando saiu da prisão, em 2014, começou a aprimorar a técnica e abriu o primeiro salão. Agora, quer inspirar outros jovens a encontrarem na barbearia uma opção de vida.

Além do salão novo em parceria com Luiza e Caito, Ariel também despertou olhares de outras marcas: a Brahma, por exemplo, usou o famoso penteado em uma campanha publicitária para a cerveja Duplo Malte.

Ou seja, o estilo blindado ainda vai longe -- para alegria de Ariel, Luiza e Caito. 

Acompanhe tudo sobre:CabeloChilli BeansMagazine Luiza

Mais de PME

ROI: o que é o indicador que mede o retorno sobre investimento nas empresas?

Qual é o significado de preço e como adicionar valor em cima de um produto?

O que é CNAE e como identificar o mais adequado para a sua empresa?

Design thinking: o que é a metodologia que coloca o usuário em primeiro lugar

Mais na Exame