A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Fintech Brex passa a valer US$ 12,3 bilhões e vira um decacórnio

Startup fundada por brasileiros nos EUA levanta mais US$ 300 milhões em nova rodada de investimento

A fintech Brex, fundada pelos brasileiros Pedro Franceschi e Henrique Dubugras no Vale do Silício, acaba de se tornar um decacórnio – startup avaliada em mais de 10 bilhões de dólares. 

A startup está levantando 300 milhões de dólares em nova rodada de investimento liderada pela Greenoaks, totalizando uma avaliação de 12,3 bilhões de dólares, segundo informações do site TechCrunch. A notícia não foi comentada nem pela Brex nem pela Greenoaks.

Em abril, a empresa havia sido avaliada em 7,4 bilhões de dólares em abril, após levantar 425 milhões de dólares da Série D, liderada pela Tiger Global Management.

Fundada em 2017, a Brex se destacou no mercado americano por oferecer cartões de crédito corporativos para outras startups e empresas de inovação, como Airbnb e Class Pass. 

Desde sua fundação, o modelo de negócio já se expandiu para atender também pequenas empresas tradicionais. Segundo o TechCrunch, a Brex está caminhando para dobrar suas receitas em 2021.

Vale lembrar que o empreendimento não é o primeiro dos sócios. Antes de se mudarem para os Estados Unidos, Franceschi e Dubugras criaram a fintech de meio de pagamentos Pagar.me, vendida para a Stone em 2016.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também