UE abre investigação sobre compra da Monsanto pela Bayer

O projeto de aquisição da multinacional de biotecnologia pelo grupo alemão de farmácia e agroquímica por US$ 66 bi pode reduzir a concorrência dos produtos

A Comissão Europeia anunciou nesta terça-feira a abertura de uma investigação profunda sobre a compra da multinacional de biotecnologia Monsanto pelo grupo alemão de farmácia e agroquímica Bayer, ante a preocupação de que isto vá reduzir a concorrência envolvendo alguns produtos.

“Temos de garantir uma concorrência efetiva para que os agricultores possam ater acesso a produtos inovadores, melhor qualidade e compra de produtos a preços competitivos”, declarou a comissária europeia de Concorrência, Margrethe Vestager.

O projeto de aquisição daMonsanto pela Bayer por 66 bilhões de dólares, anunciado em setembro de 2016, “supõe a criação da empresa integrada mais importante do mundo nos setores dos pesticidas e das sementes”, enfatizou a Comissão em um comunicado.

A Comissão Europeia já autorizou duas megafusões na agroquímica desde o início do ano, ambas com condições.

No final de março, Bruxelas autorizou a fusão dos gigantes americanos Dow e DuPont, que dará lugar nos próximos dias à megaempresa DowDuPont, avaliada em 130 bilhões de dólares na bolsa.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.