Negócios

Royal Bank of Scotland pede revisão de empréstimo a empresas

O Royal Bank of Scotland (RBS) está revisando seus empréstimos a pequenas empresas, respondendo às preocupações de uma escassez de financiamento


	O RBS ficou sob pressão política devido ao fato de ser o maior credor do Reino Unido à pequenas empresas e de que o governo detém 81 por cento de seu controle
 (Justin Tallis/AFP)

O RBS ficou sob pressão política devido ao fato de ser o maior credor do Reino Unido à pequenas empresas e de que o governo detém 81 por cento de seu controle (Justin Tallis/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 3 de julho de 2013 às 17h02.

Londres - O Royal Bank of Scotland (RBS) está revisando seus empréstimos a pequenas empresas, respondendo às preocupações de uma escassez de financiamento num setor visto como vital para a recuperação econômica da Grã-Bretanha.

O governo britânico e o banco central temem que o baixo acesso ao financiamento pelas pequenas empresas frustre uma recuperação sustentável da pior crise em décadas do país.

Os empréstimos às empresas caíram, apesar do programa de Fundos para Financiamento (FLS, na sigla em inglês) do governo, que dá aos bancos financiamento barato para encorajá-los a oferecer crédito.

Os bancos dizem que devem balancear a demanda com a necessidade de empréstimo para evitar empréstimos irresponsáveis que resultaram na injeção de 66 bilhões de libras do governo britânico no RBS e no Lloyds durante a crise financeira de 2008.

O RBS ficou sob pressão política devido ao fato de ser o maior credor do Reino Unido à pequenas empresas e de que o governo detém 81 por cento de seu controle.

O banco informou que nomeou o ex vice-presidente do banco central britânico, Andrew Large, e o consultor de gestão Oliver Wyman para conduzir a revisão. O RBS disse que o estudo se concentrará em quais medidas poderia tomar para apoiar as pequenas empresas e a recuperação econômica da Grã-Bretanha, mantendo boas práticas.

Acompanhe tudo sobre:BancosEmpréstimosFinançasRoyal Bank of Scotland

Mais de Negócios

Com doações da Gerdau e da Vale, novo fundo mira R$ 100 milhões para ajudar a reconstruir o RS

“Sem dados não é possível fazer a comparação da energia que merecemos”, diz especialista da Globant

O plano de R$ 250 milhões da dona dos sorvetes Nestlé para ganhar a liderança do mercado no Brasil

5 tipos de embalagens de alimentos para priorizar nas compras do supermercado

Mais na Exame