Negócios

Rede Marriott compra concorrente Starwood por US$ 12,2 bi

A fusão das duas redes hoteleiras criará "um portfólio mais completo" e permitirá reduzir custos estimados em 200 milhões de dólares por ano


	Hotel Marriot: a fusão das duas redes hoteleiras criará "um portfólio mais completo" e permitirá reduzir custos estimados em 200 milhões de dólares por ano
 (Wikimedia Commons)

Hotel Marriot: a fusão das duas redes hoteleiras criará "um portfólio mais completo" e permitirá reduzir custos estimados em 200 milhões de dólares por ano (Wikimedia Commons)

DR

Da Redação

Publicado em 16 de novembro de 2015 às 15h53.

A rede americana de hotéis Marriott International anunciou nesta segunda-feira a compra de seu concorrente Starwood por 12,2 bilhões de dólares, a fim de criar o maior grupo hoteleiro do mundo, com aproximadamente 5.500 hotéis.

A operação, aprovada pelos conselhos de administração dos dois grupos, reunirá as marcas Marriott, como Ritz-Carlton, Renaissance, JW Marriott e Gaylord, com as de luxo da Starwood (St Regis, W, Westin, Le Méridien o Sheraton).

A fusão das duas redes hoteleiras criará "um portfólio mais completo" e permitirá reduzir custos estimados em 200 milhões de dólares por ano a partir do segundo ano após a compra.

Acompanhe tudo sobre:HotéisHotelariaMarriottRestaurantes

Mais de Negócios

Inteligência Artificial no Brasil: inovação, potencial e aplicações reais das novas tecnologias

Mundo sem cookies: as big techs estão se adequando a uma publicidade online com mais privacidade

Ligadona em você: veja o que aconteceu com a Arapuã, tradicional loja dos anos 1990

A empresa inglesa que inventou a retroescavadeira vai investir R$ 500 milhões no Brasil — veja onde

Mais na Exame