Rede gaúcha de farmácias aposta na marca própria para crescer

Conheça outras estratégias que a Panvel adotou para aumentar as vendas
 (EXAME.com)
(EXAME.com)
Por Suzana NaiditchPublicado em 02/03/2011 17:04 | Última atualização em 02/03/2011 17:04Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Assim como a Boots, a maior rede inglesa de farmácias, a gaúcha Panvel comercializa a marca própria de duas formas. A primeira, com produtos populares, que priorizam o preço baixo - em média 20% inferior às marcas disponíveis no mercado. A outra, agregando valor nos produtos de marca própria, através da adoção de submarcas, como a Panvel Secret, linha composta por colônia, loção hidratante, óleo para o corpo, gel para banho e sabonete líquido. Os produtos podem ser adquiridos individualmente ou em kits, exatamente como na Boots.

"O interesse da Panvel é se tornar uma loja de presentes, como é o Boticário", diz Mottin. Ou a Boots. No último Natal, a estratégia funcionou. A Panvel vendeu 9 500 caixinhas com o kit Secret e faturou 370 000 reais com elas. Para o próximo Natal, a Panvel planeja repetir o sucesso, agregando outra novidade à linha Secret: as miniaturas dos produtos. Se têm funcionado na rede inglesa, por que não tentar aqui?

A Boots trabalha com pelo menos nove submarcas, entre elas a Boots Spa. Coincidentemente, uma das novidades da Panvel para outubro é o lançamento da Panvel Spa, uma linha de aromaterapia para o corpo. Esse produto vai marcar uma nova estratégia de marketing da empresa. "Será a primeira vez que a Panvel fará propaganda em televisão de uma linha de produtos", diz Mottin.

Mas há uma estratégia da Boots que não será copiada pela Panvel. A empresa inglesa deu com os burros nágua ao se instalar fora do Reino Unido com lojas próprias (em julho último, ela anunciou o fechamento de várias filiais no Japão). Agora, a expansão fora da Inglaterra se dará por meio de quiosques em grandes redes varejistas locais, como ocorre na Holanda e na Suíça.

A Panvel não tem planos de abrir novas lojas da rede fora do Rio Grande do Sul, além das sete que já possui em Santa Catarina. Uma das alternativas em pauta é justamente adotar o modelo dos quiosques dentro de grandes redes varejistas. "Ainda temos muito espaço para crescer no Rio Grande do Sul", diz Mottin. No estado, a aposta agora é partir para lojas maiores, que possam abrigar os Beauty Experience espaços exclusivos onde os clientes podem testar os produtos de beleza, com o auxílio de consultoras especializadas. "Estamos adotando uma visão de saúde holística", diz Mottin. "Cuidar das pessoas por dentro e por fora". Adivinhe qual é a filosofia da Boots? "Taking a holistic approach to health". Algo como: "adotar um enfoque holístico para a saúde."