Acompanhe:
seloNegócios

O que os supermercados mais precisam melhorar, segundo clientes

Pesquisa da CVA Solutions mostra os principais problemas enfrentados pelos clientes e aponta as redes de varejo alimentar que mais fazem sucesso entre eles

Modo escuro

Continua após a publicidade
Supermercado: marcas próprias e programas de fidelidade estão ganhando força (Minerva Studio/Thinkstock)

Supermercado: marcas próprias e programas de fidelidade estão ganhando força (Minerva Studio/Thinkstock)

L
Luísa Melo

Publicado em 5 de novembro de 2016 às, 11h00.

Última atualização em 5 de novembro de 2016 às, 11h47.

São Paulo - Se quiserem satisfazer os consumidores, o que os supermercados precisam fazer, antes de tudo, é reduzir o tamanho das filas nos caixas.

Esse foi o principal problema enfrentado pelos clientes nos últimos 12 meses findos em setembro, segundo uma pesquisa da consultoria CVA Solutions.

O estudo, divulgado com exclusividade por EXAME.com, ouviu 7.334 pessoas e avaliou mais de 70 empresas do setor de varejo alimentar.

O levantamento mostra que os supermercados regionais são os que oferecem o melhor custo-benefício, de acordo com os entrevistados.

"Eles conseguem entender mais de perto a necessidade do consumidor e também têm preços competitivos", avalia Sandro Cimatti, sócio-diretor da CVA.

O Angeloni, de Santa Catarina, por exemplo, foi o varejista melhor posicionado no quesito recomendação. A probabilidade de os consumidores da rede recomendá-la para um amigo ou parente ficou em 65,8%.

Também foram bem avaliados os "atacarejos", que oferecem custo de atacado com conforto para o cliente.

Os preços baixos e as promoções são o principal atrativo para as compras nos comércios populares e no atacado. Ganharam destaque nesse nicho o Atacadão, o Assaí e o Dia%.

Já nas bandeiras sofisticadas, os clientes buscam principalmente frutas, verduras, itens de padaria, embutidos, carnes e peixes frescos. Neste caso, têm mais força o Pão de Açúcar e bandeiras regionais.

Do outro lado, no geral, os clientes não gostam de comprar roupas (18,4% evitam), calçados (17,2%) e itens de cama, mesa e banho (14,9%) nos supermercados, principalmente.

Personalização

A pesquisa também mostra que as marcas próprias estão conquistando os clientes. Elas já são consumidas por mais da metade (55,3%) deles e 63,1% as consideram tão boas quanto os rótulos mais conhecidos.

"A marca própria agora não só é importante, como hoje passou a ser associada a qualidade. No passado, só contava o preço", diz Cimatti.

Outra tendência são os programas de fidelidade. Um terço (31,7%) dos consumidores participam desse tipo de inciativa em supermercados.

Eles buscam, especialmente, mais descontos em produtos (63% citaram esse motivo), o acúmulo de pontos para resgatar prêmios (31,6%) e informações sobre as ofertas da varejista (4,8%),

"Estamos em um momento muito competitivo, em que é necessário entender muito bem o cliente. No varejo de alimentos, em que a frequência de compra é alta, você precisa conhecê-lo pelo nome e oferecer exatamente o que ele quer. O big data propicia isso", afirma o consultor.

A compra de produtos de supermercado na internet, porém, ainda é pequena. Grande parte dos ouvidos (77,3%) disse que não tem esse hábito. A situação também pouco mudou de um ano para cá. Em 2015, a fatia era de 76,3%.

Para Cimatti, esse quadro não será alterado tão cedo. "Não acredito que o e-commerce vai ganhar tanta relevância. Sempre vai ser limitado".

https://infogr.am/44e7ad19-2c43-435c-99b4-4ba25bf6eec5

Últimas Notícias

Ver mais
Casas Bahia alonga R$ 1,5 bi em dívidas e afasta temores de insolvência
Exame IN

Casas Bahia alonga R$ 1,5 bi em dívidas e afasta temores de insolvência

Há 2 dias

Varejos que oferecem possibilidade de doar para causas sociais são mais bem vistos por consumidores
ESG

Varejos que oferecem possibilidade de doar para causas sociais são mais bem vistos por consumidores

Há 3 dias

Advent investe na Skala Cosméticos, o fenômeno do ‘potão’ para cabelos
Exame IN

Advent investe na Skala Cosméticos, o fenômeno do ‘potão’ para cabelos

Há 3 dias

O que as 4 melhores varejistas omnichannel fazem para garantir sucesso de vendas na América Latina
Um conteúdo Bússola

O que as 4 melhores varejistas omnichannel fazem para garantir sucesso de vendas na América Latina

Há 4 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais