Netflix explica por que oferece os melhores benefícios

Empresa busca apenas colaboradores que sejam autossuficientes e que se sintam responsáveis pelo crescimento do negócio

	Netflix: busca por colaboradores que se sintam responsáveis pelo crescimento de toda a empresa
 (Bloomberg)
Netflix: busca por colaboradores que se sintam responsáveis pelo crescimento de toda a empresa (Bloomberg)
K
Karin SalomãoPublicado em 07/02/2016 às 07:00.

São Paulo - Férias ilimitadas, licença maternidade e paternidade estendidas… os benefícios de trabalhar na Netflix são inúmeros.  Essa política para os funcionários, que pode parecer incrível para uns e muito solta para outros, foi desenvolvida para captar e manter apenas as melhores cabeças.

Ou, nas palavras da autora dessa política, a então diretora de talentos Patty McCord, ele foi desenvolvido apenas para “adultos plenamente formados”.

O manifesto, chamado de “Cultura Netflix: Liberdade e responsabilidade”, tem 124 páginas e já foi compartilhado 13 milhões de vezes no Slideshare. Segundo Sheryl Sandberg, COO do Facebook, “esse é o documento mais importante a sair do Vale do Silício”.

“Um ótimo local de trabalho não é sobre expressos, benefícios luxuosos, almoços com sushi, festas grandiosas ou escritórios legais. Nós temos algumas dessas coisas, mas apenas porque elas são eficientes em atrair e reter colegas fantásticos”, afirma em suas páginas.

Crescimento X Criatividade

O documento descreve como surgem regras e processos em grande parte das empresas e por que a Netflix quer evitá-los.

À medida em que as companhias crescem, a liberdade e a criatividade dos funcionários diminui. Isso acontece pois mais e mais burocracias são instituídas para evitar o caos.

Além disso, regras costumam afastar os funcionários de alta performance, que se sentem desmotivados.

O maior problema delas, no entanto, é quando a empresa enfrenta uma crise. Ela será obrigada a se adaptar às mudanças do mercado, mas processos internos rígidos demais impedem que isso seja feito na velocidade ideal.

Assim, “a companhia normalmente é triturada até a irrelevância”, afirma o documento.

A Netflix busca fazer exatamente o contrário, aumentar a liberdade dos funcionários no decorrer do tempo, assim como oferecer os melhores benefícios do mercado. O intuito é atrai apenas funcionários criativos, eficientes e responsáveis.

“Com as pessoas certas, ao invés de criar uma aderência à cultura de processos, vamos criar uma cultura de criatividade, disciplina, liberdade e responsabilidade”, prega a Netflix.

Horas trabalhadas X Eficiência

Não existe ponto ou controle de horas na Netflix. Para a companhia, funcionários mais eficientes e que trabalham por poucas horas são preferíveis aqueles que passam longas noites no escritório.

Mesmo assim, o documento diz que os colaboradores por vezes trabalham de casa aos finais de semana e respondem e-mails de trabalho até durante as madrugadas.

Ao mesmo tempo, aproveitam seu tempo pessoal, tirando algumas tardes de folga e curtindo as férias do tamanho que quiserem. 

A Netflix busca apenas colaboradores que sejam autossuficientes e que se sintam responsáveis pelo crescimento de toda a empresa, o que ela define como "adultos totalmente desenvolvidos".