Acompanhe:
seloNegócios

Mercado Livre agora tem frota própria de aviões no Brasil

Aeronaves chegam a tempo da Black Friday e são aposta para diminuir tempo de entrega no país

Modo escuro

Continua após a publicidade
Avião da Meli Air: parte de um investimento de 4 bilhões de reais no Brasil (Vinicius Stasolla/DonVisual/Divulgação)

Avião da Meli Air: parte de um investimento de 4 bilhões de reais no Brasil (Vinicius Stasolla/DonVisual/Divulgação)

D
Denyse Godoy

Publicado em 3 de novembro de 2020 às, 16h04.

Última atualização em 6 de novembro de 2020 às, 16h44.

O Mercado Livre, maior grupo de tecnologia para comércio eletrônico e serviços financeiros da América Latina, agora tem uma frota própria de aviões no Brasil para entregar as compras feitas em seu site. A Meli Air é formada por quatro aeronaves operadas por diferentes companhias aéreas que vão ajudar o grupo a reduzir os prazos de envio dos pacotes no país, além de aumentar a capacidade de entregas para o dia seguinte nas compras de produtos armazenados em seus centros de distribuição de São Paulo e da Bahia.

Quer saber como investir nas empresas de comércio eletrônico que estão na bolsa? Leia as análises e relatórios da EXAME Research 

"Queremos ter a melhor logística do Brasil e aumentar o número de entregas no dia seguinte. A ampliação consistente e robusta da nossa malha logística é decisiva para a manutenção da excelência do atendimento e satisfação do consumidor final – tanto vendedores quanto compradores da nossa plataforma", diz Leandro Bassoi, vice-presidente de Mercado Envios, braço logístico da gigante da tecnologia. "Além de melhorar a experiência de compra no Brasil, esperamos que a frota contribua para o aumento do reconhecimento visual da marca associado aos atributos de confiança e eficiência logística."

Esse é o mais recente investimento do Mercado Livre para ampliar sua rede logística no Brasil, o país mais populoso e rico da região. As aeronaves chegaram bem a tempo da BlackFriday, a sexta-feira de promoções que é a grande esperança do comércio local para tentar recuperar um pouco das perdas durante a pandemia do novo coronavírus.

(EXAME Research/Exame)

Desde 2019, o Mercado Livre fez parcerias com companhias aéreas brasileiras. Durante a pandemia, ajudou a manter o setor de cargas vivo ao despachar grandes volumes de compras por via aérea. Em 2020, o Mercado Livre planeja investir no Brasil 4 bilhões de reais, o maior valor já gasto no país. Em 2021, esse montante deve ser ainda maior. Além da ampliação da frota própria de entregas, esses  investimentos envolvem a instalação de novos centros de distribuição e cross-dockings, e o desenvolvimento de novas ferramentas para reduzir o tempo e o custo de entrega do marketplace.

Antes da crise, a previsão para o crescimento do comércio eletrônico brasileiro era de 18%. Esse número deve ser muito maior. Em só um semestre, o e-commerce brasileiro cresceu em níveis não vistos nos últimos 20 anos. Segundo pesquisa da Ebit/Nielsen, feita em parceria com a Elo, o faturamento com as vendas online subiu 47% no primeiro semestre, totalizando 38,8 bilhões de reais. Ao todo, foram feitos 90,8 milhões de pedidos entre janeiro e junho de 2020.

O pico do e-commerce aconteceu entre 5 de abril e 28 de junho, quando a maior parte das cidades brasileiras estava com medidas para conter a circulação de pessoas. Nesse intervalo, o número de pedidos cresceu 70% na comparação com 2019.

 

Últimas Notícias

Ver mais
Yves Saint Laurent lança e-commerce de vendas diretas para expandir operação no Brasil
Um conteúdo Bússola

Yves Saint Laurent lança e-commerce de vendas diretas para expandir operação no Brasil

Há 5 dias

China trabalha em foguete para entregas no mundo todo em até uma hora
Mundo

China trabalha em foguete para entregas no mundo todo em até uma hora

Há uma semana

Na disputa com Meli pelo domínio do comércio eletrônico, Shopee abre 11° centro logístico no Brasil
seloNegócios

Na disputa com Meli pelo domínio do comércio eletrônico, Shopee abre 11° centro logístico no Brasil

Há uma semana

Match fashion: Google lança ferramenta de "Tinder para roupas"
Inteligência Artificial

Match fashion: Google lança ferramenta de "Tinder para roupas"

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais