• AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
  • AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
Abra sua conta no BTG

Marcopolo entra no segmento de VLT e vai concorrer com gigantes globais

Com produção nacional, a fabricante gaúcha agora amplia a atuação da divisão de modais sobre trilhos
VLT da Marcopolo: diversificação dos negócios (Divulgação/Julio Soares/Marcopolo)
VLT da Marcopolo: diversificação dos negócios (Divulgação/Julio Soares/Marcopolo)
Por Juliana EstigarribiaPublicado em 16/12/2020 16:43 | Última atualização em 16/12/2020 17:23Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Marcopolo Rail, divisão de modais sobre trilhos da fabricante gaúcha, lançou na tarde desta quarta-feira, 16, seu primeiro veículo leve sobre trilhos (VLT). O anúncio é um importante passo da companhia no sentido da diversificação dos negócios.

"Os investimentos em diversificação, com novos modais, acontecem dentro da nossa visão de longo prazo. Esse mercado tem muito potencial", afirma Petras Amaral, executivo responsável pela Marcopolo Rail.

Chamado Prosper VLT, o modelo será produzido junto ao complexo industrial da Marcopolo em Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, em uma fábrica específica para trens, e terá versões para atender também aos sistemas de transporte urbanos e intercidades.

O transporte metroferroviário está presente em apenas 13 regiões metropolitanas, de um total de 63 de médio e grande porte no país, o que confere um grande potencial ao segmento, na visão da Marcopolo.

O primeiro produto sobre trilhos do grupo nasceu com o desenvolvimento de uma solução para vias elevadas, o People Mover Aeromóvel, finalizada em novembro de 2017. A partir de agora, a empresa está buscando parcerias e participação em novos projetos, como o VLT do Aeroporto Internacional de Guarulhos.

"Estamos fazendo um mapeamento que inclui todos os segmentos em que podemos atuar para fazer o business case e definir o real potencial desse mercado. Mas podemos garantir que o investimento por quilômetro construído é alto no segmento."

Atualmente, há VLT de piso baixo em Santos, São Paulo, e no Rio de Janeiro. Um projeto no Mato Grosso está para ser finalizado. "Além dessas estruturas, poderemos atender intercidades e turismo. O Prosper tem essa versatilidade."

A proposta da marca com o VLT inclui baixo custo de operação, longa vida útil e alta capacidade de transporte. Uma composição de 4 carros pode levar até 760 passageiros na versão urbana. Além disso, a Marcopolo Rail terá divisão de reformas e modernização de trens.

Sem abrir valores de investimentos ou preços de produtos, o executivo garante que a Marcopolo será competitiva. Além disso, a companhia também deve exportar a solução para os países da América Latina. "É um momento histórico para a Marcopolo."