Negócios

Manguinhos pode quadruplicar capacidade de armazenamento

Aumento de 1,7 mi para 6,5 mi de barris de petróleo poderá gerar um faturamento de US$ 500 mi por ano

Companhia poderá se tornar detentora do segundo maior parque de tratamento de petróleo do país (Divulgação)

Companhia poderá se tornar detentora do segundo maior parque de tratamento de petróleo do país (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 21 de março de 2012 às 10h05.

São Paulo – A Refinaria de Petróleos de Manguinhos poderá aumentar a sua capacidade de armazenamento de 1,7 milhão de barris para 6,5 milhões de barris de petróleo, mostra um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários. O aumento poderá gerar um faturamento adicional de no mínimo 500 milhões de dólares ao ano.

A refinaria identificou o crescimento da capacidade após contratar os serviços da RAM Engenharia. O projeto deve iniciar a sua primeira fase em 36 meses.

Conforme informaram, com esse aumento, a companhia poderá se tornar detentora do segundo maior parque de tratamento de petróleo do país, bem como do segundo maior parque de tancagem.

Acompanhe tudo sobre:CombustíveisEnergiaPetróleoRefit – Refinaria de Manguinhos

Mais de Negócios

Startup brasileira quer usar hemogramas e IA para acelerar diagnóstico do câncer de mama

A rota da KLM para transformar viagens em conexões inesquecíveis

Lembra dela? TecToy volta a apostar no mercado game e lança computador, acessórios e até jogos

Giovanna Antonelli, Caio Castro, Deborah Secco e mais: conheça franquias com sócios famosos

Mais na Exame