Negócios

IBM se alia à Stronghold para nova moeda digital

Batizada de Stronghold USD, ela foi lançada na plataforma de blockchain da Stellar. Compradores depositarão dólares em banco para emitir a moeda

IBM: empresa também anunciou parceria com Columbia University para abrir o Columbia-IBM Center para Blockchain e Transparência (Sergio Perez/Reuters)

IBM: empresa também anunciou parceria com Columbia University para abrir o Columbia-IBM Center para Blockchain e Transparência (Sergio Perez/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 17 de julho de 2018 às 19h28.

Última atualização em 17 de julho de 2018 às 19h28.

Nova York - A IBM está apoiando uma nova criptomoeda atrelada ao dólar, em uma parceria com a provedora norte-americana de serviços financeiros Stronghold, que adiciona estabilidade ao setor conhecido pela volatilidade, informaram as companhias.

A moeda digital, batizada de Stronghold USD, foi lançada nesta terça-feira na plataforma de blockchain da Stellar. Os compradores da moeda depositarão dólares no banco parceiro da companhia, o Prime Trust, para a Stronghold emitir as moedas na proporção de uma para uma.

Moedas estáveis atreladas a um ativo como ouro ou outra moeda como o euro, a libra e o dólar, subiram com emissores tentando expandir o uso das moedas digitais, voláteis e nãoreguladas.

O bitcoin, a mais conhecida das criptomoedas, caiu cerca de 55 por cento até agora em 2018 em relação ao dólar, após saltar mais de 1.300 por cento no ano passado.

As criptomoedas rodam no blockchain, uma base de dados compartilhada mantida por uma rede de computadores conectados à internet.

O Stronghold USD foi desenvolvido para uso entre empresas, incluindo instituições financeiras, multinacionais e gestoras de ativos, de acordo com a companhia. As moedas digitais podem ser disponibilizadas para clientes de varejo nos próximos meses.

A IBM também anunciou na terça-feira uma parceria com a Columbia University para abrir o Columbia-IBM Center para Blockchain e Transparência. O centro oferecerá aos estudantes acesso a estágios na IBM e pesquisa conjunta.

Acompanhe tudo sobre:BlockchainCriptomoedasEmpresasIBM

Mais de Negócios

Morre Paulo Fernando Fleury, um dos ícones da logística empresarial no país

Franquia de sucesso: como a Domino’s transformou um empréstimo de US$ 900 em um negócio bilionário

Sob nova gestão, iFood prepara investimentos em startups e mira verticais de mercado e de benefícios

Colaboração entre Dell e Microsoft facilita a vida de empresas na gestão do ambiente multicloud

Mais na Exame