Gucci e Forever 21 travam batalha judicial por causa de listras

A grife italiana exige que a rede de fast fashion retire os produtos com listras na sequência de cores azul, vermelha e azul, e verde, vermelha e verde
Gucci: a grife alega que alegando que esta é uma de suas mais populares marcas registradas (Dimitrios Kambouris /Getty Images/Getty Images)
Gucci: a grife alega que alegando que esta é uma de suas mais populares marcas registradas (Dimitrios Kambouris /Getty Images/Getty Images)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 03/07/2017 14:47 | Última atualização em 07/07/2017 09:56Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A Forever 21 abriu uma ação judicial contra a Gucci na segunda, 26, para se proteger do processo da grife italiana.

As marcas travam uma batalha judicial desde dezembro de 2016, quando a companhia de Alessandro Michele entrou na justiça exigindo que a rede de fast fashion retirasse todos os produtos com listras na sequência de cores azul, vermelha e azul, e verde, vermelha e verde, alegando que esta é uma de suas mais populares marcas registradas.

No documento emitido pela Forever 21, a empresa negou estar cometendo plágio. "Forever 21 não está infringindo nenhuma marca registrada da Gucci", diz o texto.

"Os registros de marca da Gucci relevantes para esta disputa devem ser cancelados. Os pedidos da Gucci não devem ser registrados. Este assunto deve ir a julgamento declarativo."