Negócios
Acompanhe:

Greenfluencers: 7 influenciadoras de sustentabilidade para começar a seguir hoje

‘Influenciadores verdes’ usam as redes sociais para dar dicas de como transformar o próprio cotidiano para um estilo de vida mais consciente e responsável

Amanda Costa: nas redes sociais, a microinfluenciadora documenta sua trajetória como ativista ambientalista antirracista e discute a agenda ambiental (Leandro Fonseca/Exame)

Amanda Costa: nas redes sociais, a microinfluenciadora documenta sua trajetória como ativista ambientalista antirracista e discute a agenda ambiental (Leandro Fonseca/Exame)

D
Da Redação

7 de dezembro de 2022, 07h30

Entre os temas mais quentes do momento, sustentabilidade e meio ambiente têm concentrado a atenção do mundo todo - seja no noticiário ou nas redes sociais, onde a agenda ambiental tem ganhado cada vez mais visibilidade e importância impulsionada pelos chamados greenfluencers, influenciadores digitais com foco em sustentabilidade.

O que são greenfluencers?

Também conhecidos como “influenciadores verdes”, essas figuras estão ressignificando o que é ser sustentável no dia a dia. A partir de iniciativas que começam dentro de casa, mostram que existe um caminho acessível e efetivo para quem deseja ter um estilo de vida mais consciente e responsável do ponto de vista ambiental.

Em conteúdos criativos e informativos, as greenfluencers compartilham dicas, boas práticas, receitas e lições valiosas para uma rotina sustentável, além de levantarem discussões e reflexões relevantes. Confira 7 influenciadoras de meio ambiente para começar a seguir:

1. Aline Matulja (@alinematulja)

Engenheira ambiental por formação e mestre em Saúde Pública, Aline Matulja é declaradamente apaixonada pelo meio ambiente desde que começou os seus estudos. Trabalhou como consultora ambiental por anos até começar o seu próprio empreendimento, em 2015, a Roda Ambiental, uma consultoria especializada em projetos de sustentabilidade para pequenas e médias empresas.

Hoje, é apresentadora do podcast Casa Floresta, do Instituto Socioambiental (ISA), e do programa Menos é Demais, do Discovery Home & Health Brasil, além de também ser uma voz ativa pela sustentabilidade e educação ambiental no Instagram, compartilhando, de forma descontraída e didática, discussões, eventos, reflexões e explicações de conceitos e pautas importantes para a agenda ambiental.

2. Fernanda Cortez (@menos1lixo)

A empresária Fernanda Cortez é a idealizadora do projeto Menos 1 Lixo, plataforma de educação ambiental que incentiva consumidores a mudarem pequenos hábitos em nome do planeta - a começar, por exemplo, pela substituição de copos descartáveis por reutilizáveis, principal produto da marca. 

O projeto surgiu do desejo de repensar o próprio consumo, uma necessidade que Cortez despertou em si mesma depois de assistir ao documentário “Trashed - Para Onde Vai Nosso Lixo”, de 2012. Hoje, é considerado o movimento sobre consumo consciente mais influente do Brasil.

Fernanda também é ativista ambiental, empreendedora, palestrante. Foi defensora da ONU Meio Ambiente na campanha Mares Limpos por quatro anos, além de conselheira do Greenpeace. Em 2017, foi premiada pela Geração Glamour 2018 como a mulher mais influente no segmento de sustentabilidade.

No Instagram da Menos 1 Lixo, o movimento compartilha dicas para viver e consumir de forma consciente e responsável, indica receitas para uma alimentação mais saudável e sustentável, e ainda levanta discussões, reflexões e curiosidades sobre a relação humana com o meio ambiente.

3. Cristal Muniz (@umavidasemlixo)

No Brasil, a designer Cristal Muniz é uma das maiores representantes do movimento Zero Waste (“desperdício zero”, em inglês), que incentiva a reutilização dos itens que consumimos, num ciclo natural e sustentável.

“Foi só quando fui morar sozinha que percebi quanto lixo desnecessário eu produzia o tempo todo só por viver. Eu precisava comer, tomar banho, limpar a casa, mas será que precisava de um montão de produtos e embalagens para isso? O movimento lixo zero me mostrou que não”, conta em seu blog, Uma Vida Sem Lixo.

Entre fotos e vídeos no Instagram, Cristal ensina como trocar os produtos que consumimos no dia a dia por opções mais sustentáveis, como descartar de forma responsável, e diversas receitas para reaproveitar alimentos.

4. Karin Rodrigues (@por_favor_menos_lixo)

Declaradamente uma eco-urbana, “que une a paixão pela natureza selvagem com o entusiasmo pelas cidades pensadas de forma sustentável”, Karin Rodrigues é ativista socioambiental, produtora cultural, consultora de comunicação para sustentabilidade e adepta do movimento Zero Waste. No blog pessoal Por Favor Menos Lixo, compartilha sua jornada por uma vida com menos descartes e desperdícios.

“Já adepta do desperdício zero, resgatei a vontade de me engajar pela natureza e criei o blog Por Favor Menos Lixo. Inicialmente, foi com o propósito de compartilhar mudanças de hábito, assim como estimular mais pessoas a reduzirem sua produção de descarte cotidiano. Hoje, o Por Favor Menos Lixo se propõe a ser um veículo de engajamento socioambiental, para estimular as pessoas a fazerem transições ecológicas, a partir da mudança de paradigma sobre o lixo que produzimos”, escreve no blog.

Em publicações divertidas e didáticas no Instagram, Karin ensina receitas práticas e sustentáveis para fazer produtos do cotidiano em casa, dá dicas de reciclagem e compostagem e indica opções ecológicas de materiais do dia a dia.

5. Marina Godward (@marinagodward)

Marina Godward é atriz, ambientalista e mestranda em sustentabilidade. Segundo ela, o seu despertar para uma vida mais sustentável veio por meio da alimentação, quando se tornou vegana em 2012. Porém, aos poucos, essa mudança, que começou no prato, se ampliou para outras esferas da sua vida, e hoje também inclui, por exem

plo, o uso de cosméticos feitos com materiais naturais, roupas novas apenas de marcas nacionais e brechós, compostagem, reciclagem e mais.

No Instagram, Marina compartilha seu olhar sustentável em fotos e vídeos leves, que ensinam receitas naturais para fazer em casa e também explicam sobre economia circular, consumo consciente, desperdício zero, reciclagem e hortas caseiras.

6. Marcela Rodrigues (@anaturalissima)

Marcela Rodrigues é jornalista de bem-estar há mais de uma década e, nos últimos anos, tem se dedicado a estudar práticas de autocuidado holístico e regeneração planetária. Pesquisadora independente do movimento clean beauty (“beleza limpa”, em inglês) e fundadora da plataforma de conteúdo A Naturalíssima, também é consultora de comunicação para sustentabilidade e consumo responsável, palestrante e facilitadora em vivências de bem-estar e sustentabilidade.

“Todos esses relatos são apenas recortes de uma jornada de quem se desconstrói em ritmo próprio, renaturaliza os hábitos a cada dia e não acredita em escolha sustentável perfeita, mas sabe que existe a consciente e responsável”, comenta em seu blog.

No Instagram, registra sua jornada por um estilo de vida mais consciente, responsável e natural, com conteúdos e dicas inspiracionais e sustentáveis para quem se interessa por beleza, cosméticos, alimentação, bem-estar, maternidade, estilo de vida e slow living (“vida lenta”, em inglês).

7. Amanda Costa (@souamandacosta)

Formada em Relações Internacionais, Amanda Costa é ativista climática, jovem conselheira do Pacto Global da ONU, delegada do Brasil no G20 Youth Summit e fundadora do Instituto Perifa Sustentável. Foi reconhecida como #Under30 na revista Forbes, LinkedIn Top Voices e Creator, Global Shaper (Fórum Econômico Mundial), TEDx Speaker e hoje atua como apresentadora do #TemClimaParaIsso?, um programa sobre crise climática, no canal do Youtube do Alma Preta Jornalismo.

No Instagram, Amanda documenta sua trajetória como ativista ambientalista antirracista, levanta discussões e reflexões e explica conceitos pertinentes à pauta ambiental, como justiça climática, racismo ambiental e ecofeminismo.