Fujifilm ameaça competir com Xerox se parceria não for renovada

Xerox informou na segunda-feira que vai começar a terceirizar produtos de novos fornecedores para reduzir sua dependência da Fujifilm

A Fujifilm ameaçou nesta quarta-feira competir contra a Xerox na Ásia-Pacífico e desafiá-la na América e na Europa se não consiguir renovar um acordo de tecnologia em 2021.

A Xerox informou na segunda-feira que vai começar a terceirizar produtos de novos fornecedores para reduzir sua dependência da Fujifilm e pode não renovar o acordo com a joint venture Fuji Xerox, de 56 anos.

Em carta ao recém-nomeado diretor executivo da Xerox, John Visentin, Shigetaka Komori, presidente da Fujifilm, disse: “Embora a Xerox atualmente não tenha instalações de marketing aqui na Ásia-Pacífico, temos uma infraestrutura global que podemos utilizar para marketing em todo o mundo “.

“Seria muito caro e difícil para a Xerox conquistar negócios na Ásia-Pacífico”.

A Fuji Xerox, detida em 75 por cento pela Fujifilm e o restante detido pela Xerox, lida com contratos que fornecem a clientes globais da Xerox nos Estados Unidos e na Europa, bem como serviços da Fuji Xerox na Ásia.

A Xerox não estava imediatamente disponível para comentar.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.