Negócios
Apresentado por Eletrolar Show

Eletrolar Show, que reúne indústria e varejo, quebra recorde com 600 expositores em São Paulo

Feira, que acontece de 10 a 13 de julho, terá mais mil marcas com lançamentos e novidades, em 33 mil m2 de área de exposição

Edição 2022 da Eletrolar Show, em São Paulo (Eletrolar Show/Divulgação)

Edição 2022 da Eletrolar Show, em São Paulo (Eletrolar Show/Divulgação)

EXAME Solutions
EXAME Solutions

EXAME Solutions

Publicado em 4 de julho de 2023 às 15h00.

Última atualização em 6 de julho de 2023 às 17h28.

No próximo dia 10 de julho, a Eletrolar Show deve reunir cerca de 600 empresas e 1.000 marcas nacionais e internacionais em São Paulo, a maior feira B2B da América Latina de eletroeletrônicos, que também apresenta a categoria de utilidades domésticas, celulares, games, mobilidade e TI.

As inscrições para quem quiser conferir de perto as novidades do setor e antecipar as tendências do mercado ainda estão abertas no site da feira.

“O encontro presencial na Eletrolar Show entre os dois parceiros –indústria e varejo– quebra barreiras comerciais, aumenta a interatividade e facilita as negociações, fatores que geram resultados extremamente positivos. Este ano, esperamos impulsionar mais negócios, pois a feira estará 30% maior que a edição de 2022  e com muitas novidades”, diz Carlos Clur, presidente do Grupo Eletrolar.

Para garantir a representatividade do varejo brasileiro, uma indústria extremamente capilarizada e com gigantes regionais, o Grupo Eletrolar patrocina a vinda de profissionais de compras de redes regionais de todo o Brasil, entre elas Gazin, Lojas Colombo, Berlanda, Martins, Lojas MM, Casa & Vídeo, Simonetti, Horfran, Schumann, Angeloni, Eletrozema, Novomundo, Koerich, Lojas Cem e Havan.

Essa parceria representa mais de 30 mil pontos de venda no país e é estratégica para o grupo garantir a relevância da feira e garantir um público qualificado em busca de tendências, lançamentos, networking, parcerias e negócios. “Estamos felizes em organizar este encontro da indústria que não para de lançar novas tecnologias; promovemos reuniões de negócios de qualidade, estimamos mais de 20 mil reuniões de negócios nesses 4 dias de evento.”

O grupo também patrocinará a vinda de compradores de países da América Latina. A feira terá, também, expositores da China, Estado Unidos, Europa e Argentina.

A edição de 2023, a 16ª a ser realizada, contará com mais de 1.000 marcas e 10 mil produtos, e terá a presença de representantes de mais de 40 mil pontos de venda de todo o País. O evento é exclusivo para profissionais da indústria e do varejo. Para participar, é preciso fazer o credenciamento online ou diretamente no local.

Marcas como Brastemp, Consul, Mondial, TCL, SEMP, Positivo, Brinox, Maersk, Itatiaia, Guzzini, Kodak, Aiwa, Xzone, Evolut Gamer, Lehmox, Infracommerce, Ventisol, Agratto, Atlas Sistemas Antifurto, Ingram Micro, Bel Micro, Baseus, Vivensis, TecToy, EOS, Chamalux, Newmaq, TS Shara, MOX, Dotcell, Customic, Nagem, Colli Bike, Track Bike, Coletek, Geonav, Ekaza, Realce, Bedinsat, Assurant, Santana Importação, Warner (produtos licenciados), Wake, Joape, Paymobi, Blu, 2 Go Bank, Eletrobank, entre muitas outras, estão com presença confirmada.

Feira terá espaços especiais

Além dos espaços dos expositores e para fechar negócios, o Eletrolar Show contará com arenas para vendedores aprenderem mais e se atualizarem das novidades do mercado.

Arena Comex by Maersk

Patrocinada pela gigante da logística, terá palestras com especialistas em comércio exterior, que abordarão questões tributárias, aduaneiras e de logística.

Arena E-commerce

Espaço dedicado às tendências do e-commerce e das novas estratégias de venda.

Arena Crypto

Uma imersão no mundo das criptomoedas com marcas como Trezor e Mileto Tech, representadas pela Brazil Electronics.

Casa Inteligente

Positivo Casa Inteligente, TCL e Coletek mostram como a tecnologia colabora com a praticidade e a segurança em casa.

Acompanhe tudo sobre:Feirasbranded-content

Mais de Negócios

De pequena lanchonete à franquia bilionária: o que o sucesso do McDonald’s ensina aos empreendedores

Desenrola Pequenos Negócios renegocia R$ 1,25 bilhão até 12 de junho

Executivos veem a inteligência artificial como um “divisor de águas”

Para onde vai o lixo que foi multiplicado pelas enchentes no Rio Grande do Sul?

Mais na Exame