Negócios

Disney vai abrir um parque temático no Brasil? Veja o que diz a empresa

Se nos Estados Unidos a Disney é o lugar em que os sonhos se tornam realidade, fica a dúvida: será que o sonho de ter um parque deles por aqui também pode ser algo real?

Disney: empresa quer investir 60 bilhões de dólares em parques temáticos até 2032 (Disney/Divulgação)

Disney: empresa quer investir 60 bilhões de dólares em parques temáticos até 2032 (Disney/Divulgação)

Daniel Giussani
Daniel Giussani

Repórter de Negócios

Publicado em 20 de janeiro de 2024 às 08h02.

Última atualização em 26 de janeiro de 2024 às 12h15.

Já pensou em pegar um carro em São Paulo e, em uma hora, estar na Disney? A teoria de que a gigante de entretenimento mundial vai construir um parque temático no Distrito Serra Azul, próximo do Hopi Hari e Wet'n Wild, voltou a circular - e com força - nas redes sociais nas últimas semanas. 

Se nas terras do Tio Sam, a Disney é o lugar em que os sonhos se tornam realidade, fica a dúvida: será que o sonho de ter um parque deles por aqui também pode ser algo real?

Como começou a teoria

No vídeo que viralizou, com quase 2 milhões de visualizações, uma influenciadora lista os indícios pelos quais ela acredita que há razões para acreditar que sim, a Disney construirá um parque por aqui. 

O primeiro é que, recentemente, a companhia anunciou que realizará em solo brasileiro o D23, um dos seus principais eventos para fãs. Será a primeira vez que o congresso acontecerá fora de Anaheim, na Califórnia. São Paulo foi escolhida para sediar a experiência. 

“Estamos radiantes em trazer a experiência D23 para o Brasil, dando aos fãs locais a oportunidade de vivenciar a magia da Disney de forma única e significativa”, disse o country-manager da Disney no Brasil, Renato D’Angelo. 

Na teoria desenvolvida pelos fãs, a Disney iria aproveitar o evento para anunciar o primeiro parque da empresa na América Latina. 

Quais são os outros indícios

No vídeo, a influenciadora indica ainda outros dois fatores para acreditar que o sonho vai se tornar realidade. 

  • Um é uma informação da própria Disney, divulgada no terceiro trimestre do ano passado, de que os investimentos em parques temáticos e cruzeiros vão dobrar em dez anos, para cerca de 60 bilhões de dólares. 
  • Outro fator é que, no final do ano passado, o distrito turístico Serra Azul, região onde há maior especulação para receber um parque da Disney, anunciou que há planos de investimentos para construção de novos hotéis e infraestruturas na casa dos 2,8 bilhões de reais com novos hotéis, autódromos e um shopping center até 2026. A teoria é que tanto investimento faria sentido caso uma atração internacional pousasse por ali. 

O que diz a Disney sobre a teoria

À EXAME, a Disney disse que não tem planos de construir parques no Brasil nem na América Latina no momento. Segundo a companhia, a América Latina é um mercado extremamente importante para as estratégias de negócios, mas não há planos de construção de atrativos temáticos na região. 

Quais os planos de investimento no Distrito Turístico Serra Azul

Com cerca de 10 milhões de visitantes por ano, o Distrito Turístico Serra Azul é famoso, atualmente, pelos parques de diversões Wet’n Wild e Hopi Hari. Nos últimos dois anos, a região recebeu 700 milhões de reais em investimentos, com a construção de um novo resort, um clube de golfe ainda em obras e a expansão de um outlet que fica no local. 

A Serra Azul é formada por quatro municípios: 

  • Itupeva
  • Vinhedo
  • Louveira
  • Jundiaí 

E a projeção é que os investimentos privados na região cheguem a 2,8 bilhões de reais até 2026, com a construção de três novos hotéis, um autódromo e um espaço que será um mix de parque temático com shopping center. A hípica local também deve ser ampliada. 

Além disso, outros dois projetos para o distrito turístico, o Portal da Mata Atlântica e o Centro Histórico, estão em fase final de criação e homologação. 

Acompanhe tudo sobre:DisneyTurismo

Mais de Negócios

O plano de R$ 250 milhões da dona dos sorvetes Nestlé para ganhar a liderança do mercado no Brasil

5 tipos de embalagens de alimentos para priorizar nas compras do supermercado

Aquisições a caminho: Celcoin capta R$ 650 milhões para buscar oportunidades de M&As

Cimed avança na compra da Jequiti — e quer 100% da empresa de cosméticos

Mais na Exame