Acompanhe:
seloNegócios

Chocolates da Nestlé serão mais naturais nos EUA

Segundo a empresa, a mudança foi feita depois de uma pesquisa de mercado apontar que consumidores buscavam produtos livres de aditivos

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Nestlé: a mudança foi feita depois de uma pesquisa de mercado apontar que consumidores buscavam produtos livres de aditivos
 (Andrey Rudakov/Bloomberg)

Nestlé: a mudança foi feita depois de uma pesquisa de mercado apontar que consumidores buscavam produtos livres de aditivos (Andrey Rudakov/Bloomberg)

K
Karin Salomão

Publicado em 18 de fevereiro de 2015 às, 14h48.

São Paulo - A Nestlé irá substituir todos os corantes e aromatizantes artificiais dos doces fabricados nos Estados Unidos. A empresa suíça prometeu trocar os ingredientes por opções naturais em mais de 250 produtos até o fim deste ano.

Ao invés dos corantes Vermelho 40 e Amarelo 5, por exemplo, a cor do centro da barra Butterfingers virá do urucum, semente muito usada para tingimento.

Já no chocolate Crunch, o sabor artificial de baunilha será substituído pelo natural. Os primeiros itens modificados já estarão nas prateleiras no meio do ano, com um aviso na embalagem. Mais de dez marcas serão afetadas, como Butterfinger, Crunch e Baby Ruth.

A fabricante de doces garantiu que os ingredientes de fontes naturais são certificados pela agência FDA (US Food and Drug Administration) e que não haverá mudanças no sabor.

Um porta-voz também afirmou ao Wall Street Journal que os preços não aumentarão, apesar do custo maior na obtenção dos produtos naturais.

O próximo passo será trocar os aditivos nos doces Sweet Tarts e Nerds. Um porta-voz disse que esse processo será mais difícil, porque as cores brilhantes e fluorescentes dos doces são difíceis de serem encontradas na natureza.

Segundo a empresa, a mudança foi feita depois que uma pesquisa de mercado apontou uma que consumidores buscavam alimentos livres de aditivos. Mais de 60% dos americanos disseram que a ausência de corantes artificiais é um fator importante na decisão de compra, segundo uma pesquisa da Nielsen citada pela companhia.

“Nestlé é a empresa líder em nutrição, saúde e bem estar, e nosso compromisso em remover sabores artificiais e corantes certificados nas nossas barras de chocolates é um marco importante”, disse Doreen Ida, presidente da Nestlé.

A mudança ocorreu primeiro no Reino Unido – a transição ocorreu entre 2005 e 2012. O diretor Paul Grimwood, que liderou os esforços então, começou a planejar a mudança nos Estados Unidos.

Concorrentes

Também seguindo a tendência de deixar os produtos mais naturais e saudáveis, a Hershey afirmou que está trocando xarope de milho por açúcar, mas a mudança ainda está nos estágios iniciais.

A Mars está estudando usar corantes naturais nos doces M&Ms. Além disso, a Mondelez, que fabrica biscoitos Oreos, disse que irá reduzir gordura saturada em 10% até 2020. 

Últimas Notícias

Ver mais
De menu assinado a comida brasileira: 3 opções de almoço executivo na região da República em SP
Casual

De menu assinado a comida brasileira: 3 opções de almoço executivo na região da República em SP

Há 3 horas

CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar
Exame IN

CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar

Há 20 horas

Essa rede de restaurante investirá R$ 25 mi este ano para nacionalizar um dos pratos de domingo
seloNegócios

Essa rede de restaurante investirá R$ 25 mi este ano para nacionalizar um dos pratos de domingo

Há 2 dias

Além de óculos e relógios: Chilli Beans abre o leque e aposta em bebidas e caixas de som
Casual

Além de óculos e relógios: Chilli Beans abre o leque e aposta em bebidas e caixas de som

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais