Negócios

Cade aprova compra de plataforma de previdência pela BB Corretora

Subsidiária da BB Seguridade comprou 49,99 por cento das ações ordinárias e a totalidade das ações preferenciais da Ciclic

BB Seguridade: na avaliação do Cade, a operação da BB Corretora não gera preocupações concorrenciais (BB Seguridade/Divulgação)

BB Seguridade: na avaliação do Cade, a operação da BB Corretora não gera preocupações concorrenciais (BB Seguridade/Divulgação)

R

Reuters

Publicado em 26 de janeiro de 2018 às 09h02.

São Paulo - A Superintendência-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a compra pela BB Corretora, subsidiária da BB Seguridade, de 49,99 por cento das ações ordinárias e da totalidade das ações preferenciais da Ciclic, segundo despacho publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira.

Controlada pela Financial Principal Services, a Ciclic é uma companhia em estágio inicial de operação que visa tornar-se uma plataforma digital de distribuição de produtos de previdência privada aberta, informa parecer no site da autarquia.

Na avaliação do Cade, a operação não gera preocupações concorrenciais em razão da condição pré-operacional da Ciclic.

"A operação não tem o condão de afetar negativamente o ambiente competitivo, tendo em vista que a BB Corretora não atua ainda por meio do canal digital e a Ciclic é uma empresa pré-operacional", disse o órgão no documento.

Acompanhe tudo sobre:acordos-empresariaisBB SeguridadeCadeEmpresasFusões e Aquisições

Mais de Negócios

Inteligência Artificial no Brasil: inovação, potencial e aplicações reais das novas tecnologias

Mundo sem cookies: as big techs estão se adequando a uma publicidade online com mais privacidade

Ligadona em você: veja o que aconteceu com a Arapuã, tradicional loja dos anos 1990

A empresa inglesa que inventou a retroescavadeira vai investir R$ 500 milhões no Brasil — veja onde

Mais na Exame