Acompanhe:
seloNegócios

BlackBerry tem resultado acima do esperado, impulsionada por software

A empresa afirmou que a receita com software corporativo e serviços subiu 18% para 189 milhões de dólares no primeiro trimestre

Modo escuro

Continua após a publicidade
BlackBerry: a companhia tem tentado reconquistar confiança dos investidores com foco em venda de software para gestão de celulares corporativos (Mark Blinch/Reuters)

BlackBerry: a companhia tem tentado reconquistar confiança dos investidores com foco em venda de software para gestão de celulares corporativos (Mark Blinch/Reuters)

R
Reuters

Publicado em 22 de junho de 2018 às, 12h00.

Última atualização em 22 de junho de 2018 às, 12h02.

A BlackBerry teve lucro trimestral acima do esperado por analistas, impulsionado por crescimento nos negócios com software e serviços, informou a companhia canadense nesta sexta-feira.

A empresa afirmou que a receita com software corporativo e serviços subiu 18 por cento, para 189 milhões de dólares, no primeiro trimestre.

A companhia, que já chegou a dominar o mercado global de smartphones quase uma década atrás antes de perder a liderança para aparelhos da Apple e equipados com sistema operacional Android, tem tentado reconquistar confiança dos investidores com foco em venda de software para gestão de celulares corporativos e usados por órgãos governamentais.

Como parte de uma transição, a BlackBerry tem focado em software para carros sem motorista baseado em sua plataforma QNX.

"O BlackBerry QNX está incorporado agora em mais de 120 milhões de automóveis do mundo, dobrando sua base instalada nos últimos três anos", afirmou o presidente-executivo da empresa, John Chen.

Em termos ajustados, o lucro por ação da empresa foi de 0,03 dólar por ação, enquanto analistas esperavam equilíbrio, segundo dados da Thomson Reuters.

Sem ajustes, a empresa teve prejuízo de 60 milhões de dólares, ou 0,11 dólar por ação, no primeiro trimestre fiscal encerrado em 31 de maio, ante lucro de 671 milhões no mesmo período do ano passado quando foi beneficiada por um pagamento de 940 milhões de dólares da Qualcomm.

A receita caiu 9,4 por cento, para 213 milhões de dólares, mas superou a expectativa de analistas, de 208 milhões.

Últimas Notícias

Ver mais
Essa govtech investiu R$ 30 milhões para criar uma IA que prevê de infartos até evasão escolar
Inteligência Artificial

Essa govtech investiu R$ 30 milhões para criar uma IA que prevê de infartos até evasão escolar

Há 3 semanas

Segurança digital é crucial, especialmente no Brasil, diz CEO da DocuSign
Tecnologia

Segurança digital é crucial, especialmente no Brasil, diz CEO da DocuSign

Há 4 meses

Maior que Salesforce SAP e Adobe juntas: Apple mira marca de US$ 100 bilhões em SaaS
Tecnologia

Maior que Salesforce SAP e Adobe juntas: Apple mira marca de US$ 100 bilhões em SaaS

Há 4 meses

Como esse negócio de SC quer faturar R$ 100 milhões cuidando das “nuvens” das empresas
seloNegócios

Como esse negócio de SC quer faturar R$ 100 milhões cuidando das “nuvens” das empresas

Há 5 meses

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais