Negócios

BC aprova aquisição dos negócios de varejo do Citibank pelo Itaú

Foram aprovadas também as aquisições das participações que o Citi detinha na Tecban, de até 5,64% do capital, e de 3,60% do capital na Cibrasec

Itaú: o banco informa que a liquidação financeira da compra das operações de varejo do Citi vai ocorrer em 31 de outubro (Reprodução/Wikimedia Commons)

Itaú: o banco informa que a liquidação financeira da compra das operações de varejo do Citi vai ocorrer em 31 de outubro (Reprodução/Wikimedia Commons)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 26 de outubro de 2017 às 20h02.

São Paulo - O Banco Central aprovou a aquisição dos negócios de varejo do Citibank no Brasil pelo Itaú Unibanco.

Foram aprovadas também as aquisições das participações que o Citi detinha na Tecban, de até 5,64% do capital, e de 3,60% do capital na Companhia Brasileira de Securitização (Cibrasec).

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a operação no dia 16 de agosto.

Em comunicado, o Itaú Unibanco informa que a liquidação financeira da compra das operações de varejo do Citi vai ocorrer em 31 de outubro, dia em que o Itaú assumirá essas operações.

A liquidação da aquisição do segmento pessoa física da Citibank Corretora será realizada posteriormente, em data ainda a ser definida.

Os pagamentos referentes à Tecban e Cibrasec também serão feitos posteriormente, após o cumprimento de algumas condições previstas em contrato.

Acompanhe tudo sobre:Banco CentralBancosCadeCitibankItaúVarejo

Mais de Negócios

40 franquias baratas para quem quer deixar de ser funcionário a partir de R$ 2.850

Ele cansou de trabalhar em telecom. Agora, faz mais de R$ 1 mi com franquia de serviços automotivos

“É função dos empresários iniciar um novo RS”, diz CEO da maior produtora de biodiesel do país

Na Prosegur, os candidatos são avaliados pela simpática Rose, a chatbot do grupo

Mais na Exame