Negócios

Ao vivo: Pacto Global da ONU e PRI mostram como chegar ao carbono zero

Evento apresenta o Net Zero Company Benchmark, que define indicadores para empresas avançarem no cumprimento dos objetivos do Acordo de Paris

A ciência mostra que, para cumprir o Acordo de Paris, é preciso atingir a neutralidade em carbono no máximo até 2050 (Kazuend/Unsplash)

A ciência mostra que, para cumprir o Acordo de Paris, é preciso atingir a neutralidade em carbono no máximo até 2050 (Kazuend/Unsplash)

DR

Da Redação

Publicado em 12 de agosto de 2021 às 10h04.

Última atualização em 5 de novembro de 2021 às 13h36.

O relatório produzido pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), divulgado na segunda-feira, 9, surpreendeu todo mundo. Os números divulgados mostram um planeta perigosamente próximo do ponto de inflexão climático, um patamar científico que estabelece o momento em que o aumento da temperatura global provoca mudanças permanentes nos ecossistemas.

As chances dessa barreira ser ultrapassada em algum dos próximos cinco anos é de 40%, de acordo com o relatório. Apesar dos dados alarmantes, há tempo para evitar a tragédia. A ciência mostra que, para isso, é preciso atingir a neutralidade em carbono o mais rapidamente possível, e no máximo até 2050.

Como medir os esforços das empresas em reduzir a pegada de carbono

Em março de 2021 a iniciativa Climate Action 100+ lançou o Net Zero Company Benchmark definindo indicadores de performance chave para empresas avançarem com sucesso para o cumprimento dos objetivos do acordo de Paris.

A Rede Brasil do Pacto Global tem como objetivo deste evento ampliar o acesso de seus membros aos principais resultados deste trabalho internacional e fomentar o debate dos compromissos Net Zero em uma trilha de atividades rumo à COP 26.

Assista ao evento ao vivo, a partir das 11h:

yt thumbnail
Acompanhe tudo sobre:CarbonoCOP26IPCCMudanças climáticas

Mais de Negócios

Com solução para quem enfrenta o câncer, a Oncoclínicas&Co é eleita uma das Melhores do ESG

Startup do Paraná que ajuda call center a ligar para você compra empresa e mira R$ 100 milhões

Eles voltaram: depois de Floripa e POA, patinetes desembarcam no Rio e irão chegar a São Paulo

O bilionário de 80 anos que ficou US$ 40 bilhões mais rico num ano – e US$ 2,8 bi mais rico em 24h

Mais na Exame