Antecipação de recebíveis ajuda empresas a manter fluxo de caixa em dia

Ao acabar com os riscos e a burocracia da antecipação, a fintech Adiante Recebíveis consegue tornar o processo mais fácil, ágil e seguro

A antecipação de recebíveis tem ganhado espaço entre as modalidades de crédito no Brasil. Segundo o site Fintechlab, os últimos dados do Banco Central (BC), disponibilizados em novembro de 2019, indicavam que essa havia sido a linha de crédito empresarial que mais crescera no país, totalizando um volume de 95,72 bilhões de reais em recursos, uma alta de 31,6% em relação ao mesmo período de 2018.

As startups financeiras de antecipação de recebíveis tiveram um importante papel nesse resultado. “Em 2019 operamos um valor aproximado de 40 milhões de reais”, conta Kemel Wakid, diretor de operações do Adiante Recebíveis, fintech fundada em 2018. Para ele, esse mercado tende a se expandir cada vez mais, à medida que o mercado de crédito cresce. “Agora estamos atravessando um momento atípico com a pandemia, mas, assim que a economia voltar a crescer e as vendas aumentarem, haverá um reflexo na emissão de notas fiscais. Esse é um nicho ainda pouco explorado pelo mercado financeiro tradicional, que, quando o faz, é de forma analógica e burocrática. Por isso enxergamos um potencial imenso de crescimento”, diz.

Gustavo Blasco, CEO do Adiante e do Grupo GCB – controlador do Adiante –, vê o mercado de antecipação extremamente aquecido. “É um mercado trilionário e pouco explorado, mas que está vivendo um momento singular com as mudanças regulatórias pró-mercado, como o PIX e as registradoras de duplicatas, e com a Selic em 2%. Fomos felizes em nos posicionarmos digitalmente há dois anos e agora que o mercado crescerá exponencialmente estamos preparados, graças a nossa tecnologia, cultura interna e inteligência financeira, para sermos um dos consolidadores desse mercado.”

Antecipar para não se endividar

A antecipação de recebíveis tem se tornado uma excelente alternativa para as empresas que enfrentam problemas de fluxo de caixa, ou seja, que vendem a prazo e recebem de seus clientes após 60 ou 90 dias, mas que devem arcar com suas contas, como salário de funcionário ou impostos, no curto prazo. As fintechs de antecipação de recebíveis entram justamente nesse contexto, antecipando o valor que o empresário tem a receber de seus clientes, para que possa atender às necessidades imediatas de sua empresa e manter o capital de giro e o fluxo de caixa em ordem. Ele recebe o valor na sua conta e corrige o descasamento do fluxo de caixa da empresa, sem o risco de se endividar.

Facilidade e rapidez

A antecipação de crédito tradicional, oferecida por instituições financeiras, é analógica e envolve a apresentação de balanços, faturamentos, contratos e vários outros documentos, que passam pelo setor de análise para garantir a validade e estabelecer se o crédito vai ou não ser concedido e, em caso positivo, qual será o limite.

Esse processo pode levar semanas. Já no Adiante Recebíveis tudo é feito de forma 100% online e não é preciso apresentar documento algum. Basta o empresário acessar a plataforma, que é extremamente intuitiva e fácil de usar, e informar o CNPJ e o e-mail. Feito o cadastro, ele deve aguardar a análise de crédito com base nessas informações –  etapa que leva apenas 15 segundos. Em seguida é informado se foi aprovado ou não e qual limite tem disponível para operar na plataforma. Na sequência, faz o upload do arquivo digital da nota fiscal e o sistema faz a leitura, indicando o valor que será liberado de forma instantânea.

“Se o usuário der o aceite na operação, receberá o dinheiro na conta em 30 minutos. Além dessa rapidez, oferecemos taxas extremamente competitivas e não cobramos tarifas. Ágil, fácil e livre de burocracias, é uma ótima ferramenta de gestão empresarial, já que permite ao empresário terceirizar o setor de cobrança e manter o equilíbrio do fluxo de caixa”, conclui Wakid.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.