Ambev vê potencial de ganho de mercado em não-alcoólicos

A companhia vem apostando em inovações como uma forma de ganhar espaço num ano em que o mercado de refrigerantes como um todo tem se retraído

São Paulo - A Ambev acredita na possibilidade de ganhar fatia de mercado em refrigerantes e bebidas não-alcoólicas. O vice-presidente dessa divisão de negócios, Marcel Regis, destacou a jornalistas nesta terça-feira, 19, durante evento em São Paulo, que a companhia vem apostando em inovações como uma forma de ganhar espaço num ano em que o mercado de refrigerantes como um todo tem se retraído.

A produção de refrigerantes no Brasil acumula queda de 5,7% nos primeiros quatro meses de 2015 na comparação com igual período do ano anterior. Os dados são do Sistema de Controle da Produção de Bebidas (Sicobe), da Receita Federal.

Regis destacou o posicionamento da companhia em nichos de produto de maior valor, como os energéticos, como uma estratégia para lidar com o cenário de pressão sobre as vendas em volume.

"Se em refrigerantes nós ainda temos muito espaço para ganhar mercado, em outros segmentos de não-alcoólicos isso é ainda mais verdadeiro", ponderou.

A Ambev oficializou hoje, junto com a Whirlpool, o lançamento de uma joint venture para venda de uma máquina de bebidas em cápsulas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.