Acompanhe:
seloNegócios

A estratégia do Burger King para a Black Friday é turbinar o clube de troca de pontos por lanches

Desde 2021, a empresa tem um clube de descontos no aplicativo, e boa parte dos descontos se concentrará lá

Modo escuro

Continua após a publicidade
Black Friday do Burger King: estratégia é levar o consumidor para dentro do aplicativo (Burger King/Divulgação)

Black Friday do Burger King: estratégia é levar o consumidor para dentro do aplicativo (Burger King/Divulgação)

É difícil desassociar a imagem da Black Friday no Brasil das promoções agressivas de preços das redes de fast-food. Nos últimos anos, teve hambúrguer sendo vendido por R$ 1 e sorteio de lanches gratuitos. Por isso, é comum que os consumidores já criem, desde cedo no mês, expectativas para saber quais serão as “promos da vez”. 

O Burger King sabe disso — e coloca esse frisson pelos preços competitivos no centro da sua estratégia para a Black Friday. “O Burger King faz parte da conversa da sociedade, e as pessoas já esperam para ver qual será a promoção do ano”, diz a head de marca do Burger King, Mayra Dietzold. “É um movimento importante para gente. Não tão representativo do ponto de vista econômico e de faturamento, mas importante para a marca. Temos de aproveitar”. 

Neste ano, além de aproveitar para posicionar a marca no centro das rodas da conversa, o Burger King quer usar a Black Friday para ampliar a sua comunidade de clientes. 

Desde 2021, a empresa tem um clube de descontos no aplicativo. O usuário precisa fazer um cadastro gratuito e, participando do programa, tem acesso a descontos e vai acumulando pontos — que pode trocar por produtos do próprio restaurante. Na Black Friday, os mesmos lanches vão custar "menos pontos". 

A estratégia neste ano é incentivar quem quiser aproveitar os descontos da Black Friday a criar uma conta no clube. Por isso, parte dos descontos será na troca de pontos — ou com cupons exclusivos no aplicativo.

“Estamos investindo muito em tecnologia”, afirma Mayra. “Entendemos o Burger King como uma foodtech. E o clube serve como uma fonte de informação. Sabemos qual é a jornada do cliente, o que ele gosta de comer, quais promoções gosta. E nosso objetivo é conseguir, ao longo do tempo, identificar toda venda e criar ofertas personalizadas usando inteligência artificial. Queremos sempre associar a tecnologia na jornada do cliente”. 

Burger King: a empresa de tecnologia que olha dados e vende hambúrgueres

Estratégia em parceria

Neste ano, a Black Friday do Burger King é em parceria com a Pepsi. As duas marcas já trabalham juntas há um bom tempo. A rede de fast-food, por exemplo, só vende bebidas da PepsiCo. “Aproveitamos a estratégia de comunicar a Pepsi Black com a Black Friday”, diz Mayra. “Fizemos combos com refrigerantes e, por exemplo, teremos refrigerante com refil por 10 pontos do nosso clube, o que é muito pouco. Idealizamos juntos com a Pepsi e a Ambev”. 

Outra promoção será a venda de uma “caixa misteriosa”. Por 150 pontos, o cliente resgata a caixa misteriosa e pode ganhar vários prêmios, entre eles o combo Whopper, que é um dos carros-chefe da empresa. “É a metade de quanto ele custaria”, diz a executiva. 

Promoções disseminadas

Hoje, o Burger King tem quase mil lojas, na grande maioria dos estados brasileiros. Dessas, 80% são próprias e 20% por um pool de franqueados. 

Para conseguir fazer com que as promoções chegassem iguais em uma grande quantidade de operações, a estratégia foi, também, olhar para o aplicativo. Assim, o cliente precisa resgatar a promoção pelo app, mesmo que compre na loja. Ele retira o cupom na plataforma, apresenta no balcão e consegue o desconto.

Veja mais estratégias da Black Friday: 

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Precisamos falar sobre as ações de marketing do Burger King
Um conteúdo Bússola

Precisamos falar sobre as ações de marketing do Burger King

Há uma semana

Carmed e Burger King lançam hidratante labial com aroma de grelhado no fogo (e não é mentira)
seloMarketing

Carmed e Burger King lançam hidratante labial com aroma de grelhado no fogo (e não é mentira)

Há 2 semanas

Bob’s em obras: rede investe em reforma de lojas e expansão em SP para faturar R$ 1,5 bi em 2024
seloNegócios

Bob’s em obras: rede investe em reforma de lojas e expansão em SP para faturar R$ 1,5 bi em 2024

Há 3 semanas

Burger King dará sanduíche grátis para calvos com ‘drive-thru’ na cabeça
seloMarketing

Burger King dará sanduíche grátis para calvos com ‘drive-thru’ na cabeça

Há 3 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais