Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

A caminho de IPO, banco BV amplia lucro de 2019 em 29%

No último trimestre de 2019, o lucro líquido do BV foi de 327 milhões de reais, alta de 16,1% no comparativo anual

São Paulo — O BV (ex-Banco Votorantim) teve lucro de 1,37 bilhão de reais em 2019, um aumento de 29,1% em relação ao ano anterior, enquanto a instituição controlada pelo Grupo Votorantim e pelo Banco do Brasil pavimenta caminho para uma listagem em bolsa.

No último trimestre de 2019, o lucro líquido do BV foi de 327 milhões de reais, alta de 16,1% no comparativo anual. O banco fechou 2019 com uma rentabilidade anualizada sobre o patrimônio líquido de 14%, alta de 2,5 pontos percentuais sobre o desempenho de 2018.

O resultado mostra como o BV vem gradualmente recuperando indicadores de rentabilidade, após ter sofrido os efeitos de uma crise no mercado de financiamento automotivo e para empresas, há cerca de uma década, o que o fez passar anos entre prejuízo e baixa lucratividade.

Nos últimos anos, o BV tem feito parcerias me nichos de negócios pouco explorados por grandes bancos do país, como financiamento estudantil e para instalação de energia eólica, além de fornecer funding para empréstimos de fintechs, incluindo Banco Neon e GuiaBolso.

Além disso, a recuperação do setor automotivo rendeu ao BV uma aceleração dos empréstimos para compra de veículos ajudou a liderar um crescimento de 10% da carteira de crédito, que fechou o ano em 66,3 bilhões de reais.

"Nosso foco é manter um resultado consistente", disse à Reuters o presidente-executivo do BV, Gabriel Ferreira, que assumiu no final do ano passado, tendo entre outras missões a de preparar o banco para a listagem em bolsa.

"Estamos deixando a companhia pronta para o IPO", disse o executivo, sem no entanto detalhar quando isso pode acontecer.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também