Acompanhe:

Xi Jinping afirma que fórum Brics 'fala com uma só voz'

Ele afirmou a proposta do grupo em contribuir para o crescimento de todas as economias e por um mundo comum

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Vladimir Putin, Narendra Modi, Dilma Rousseff, Xi Jinping e Jacob Zuma, em foto oficial na 6ª Cúpula dos Brics
 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Vladimir Putin, Narendra Modi, Dilma Rousseff, Xi Jinping e Jacob Zuma, em foto oficial na 6ª Cúpula dos Brics (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

D
Da Redação

Publicado em 15 de julho de 2014 às, 17h23.

Fortaleza - O presidente da China, Xi Jinping, afirmou nesta terça-feira que o fórum dos Brics "fala com uma só voz", depois de o grupo integrado pelo país junto com Brasil, Rússia, África do Sul e China concordou a criação de um banco de desenvolvimento.

"Este grupo, estes cinco países, falam com uma só voz, e nos propomos a contribuir para o crescimento de todas as economias, por um mundo comum", declarou o presidente da China durante a plenária da VI Cúpula dos Brics, realizado na cidade brasileira de Fortaleza.

"Chegamos ao consenso para criar o banco dos Brics", que nasce com um capital assinado de US$ 50 bilhões que terá 'implicações significativas e de longo alcance' para os membros do grupo e para todos os países em desenvolvimento, disse Xi.

O líder chinês ressaltou o "compromisso dos cinco países do Brics com o crescimento internacional e a governança econômica global", mas lembrou que esse fórum deve ser "um processo histórico permanente em busca de novos espaços de cooperação".

E ressaltou que é papel dos Brics é "promover um mercado global mais amplo, melhorar as cadeias de valor, trabalhar em função de uma maior democracia nas relações internacionais e manter o compromisso por um desenvolvimento sustentável".

Xi admitiu que os países do Brics "passaram recentemente por uma desaceleração econômica relacionada a fatores externos e uma reestruturação própria', mas confiou que as cinco nações 'manterão o crescimento estável e com inclusão".

Propôs uma maior coordenação das políticas macroeconômicas dentro do grupo e a "expansão dos espaços para o desenvolvimento econômico", aproveitando suas próprias diversidades, e promover um maior troca comercial entre os membros.

"Devemos explorar a criação de um mercado mais integrado em comércio e investimentos e promover a conexão entre os cinco países por terra, por ar e por mar", declarou.

Segundo Xi, esse "desejo político comum para o desenvolvimento ajudará a aumentar a voz dos Brics no mundo e trará benefícios para seus membros e para outros países em desenvolvimento".

O objetivo desse esforço comum, na opinião do líder chinês, é "aumentar a representatividade e a voz dos países em desenvolvimento para que tenham oportunidades e direitos iguais na comunidade internacional".

Últimas Notícias

Ver mais
Conflito no Oriente Médio: resposta de Israel, apoio dos Estados Unidos e sombra de China e Rússia
Mundo

Conflito no Oriente Médio: resposta de Israel, apoio dos Estados Unidos e sombra de China e Rússia

Há um dia

Missão técnica da Agricultura vai à China para discutir protocolo sanitário de proteína animal
EXAME Agro

Missão técnica da Agricultura vai à China para discutir protocolo sanitário de proteína animal

Há 2 dias

Com exportação para China, JBS investe R$ 150 milhões e duplica capacidade em frigorífico no MS
EXAME Agro

Com exportação para China, JBS investe R$ 150 milhões e duplica capacidade em frigorífico no MS

Há 2 dias

38 frigoríficos recém-habilitados pela China devem incrementar R$ 10 bi à balança brasileira
EXAME Agro

38 frigoríficos recém-habilitados pela China devem incrementar R$ 10 bi à balança brasileira

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais