Acompanhe:

Universidade chinesa quer combater críticas ao PC

Iniciativa sublinha a ansiedade crescente dos líderes do partido em relação às críticas

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Xi Jinping: iniciativa é sinal da inclinação conservadora do presidente chinês
 (Jorge Silva/Reuters)

Xi Jinping: iniciativa é sinal da inclinação conservadora do presidente chinês (Jorge Silva/Reuters)

D
Da Redação

Publicado em 1 de setembro de 2014 às, 11h34.

Pequim - Uma das principais universidades da China exortou estudantes e professores a “combaterem” críticas ao Partido Comunista, informou um influente jornal do partido. Trata-se da medida mais recente para cercear a liberdade de expressão no país.

A iniciativa da Universidade Peking, outrora um bastião da liberdade de expressão no país, sublinha a ansiedade crescente dos líderes do partido em relação às críticas e é um sinal da inclinação conservadora do presidente chinês, Xi Jinping.

O currículo e as formas de expressão são controlados com mão de ferro nas universidades da China, embora estudantes da Universidade Peking tenham forçado os limites em algumas ocasiões, como nos protestos pró-democracia na Praça da Paz Celestial em 1989, brutalmente reprimidos pelo Exército.

“Nos últimos anos, algumas pessoas com motivos subliminares atiçaram as chamas na Internet... tendo como alvo o Partido Comunista chinês e o sistema socialista”, assinalou um artigo na noite de domingo no jornal Qiushi, que significa “buscando a verdade”.

Tais ações “criaram um impacto negativo muito grande na opinião pública na Internet e no consenso social”, afirma a matéria, escrita pelo comitê do partido na universidade.

O comitê pediu a estudantes e professores que “adotem uma postura firme, sem ambiguidades, e combatam de modo oportuno, eficaz e resoluto os discursos e as ações que se oponham aos princípios do partido”.

Nos últimos anos, a universidade estabeleceu um sistema de monitoramento 24 horas da opinião pública na Internet e adota medidas preventivas para controlar e reduzir os efeitos do discurso negativo, diz o artigo.

Últimas Notícias

Ver mais
Guangdong lidera em turismo durante o feriado prolongado na China
Mundo

Guangdong lidera em turismo durante o feriado prolongado na China

Há 3 horas

Venezuela e Rússia ampliam cooperação petroleira e citam uso de energia nuclear
Mundo

Venezuela e Rússia ampliam cooperação petroleira e citam uso de energia nuclear

Há 3 horas

Nikki Haley descarta desistir de disputa com Trump por indicação republicana
Mundo

Nikki Haley descarta desistir de disputa com Trump por indicação republicana

Há 3 horas

Petro, da Colômbia, defende Lula após declarações sobre a Faixa de Gaza
Mundo

Petro, da Colômbia, defende Lula após declarações sobre a Faixa de Gaza

Há 3 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais