A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Tufão mata ao menos 118 nas Filipinas, China e Vietnã

O tufão danificou 3.300 hectares de arroz e outras plantações no Vietnã

Hanói - O total de mortos após a passagem do tufão Rammasun subiu para pelo menos 118, sendo as últimas fatalidades reportadas no norte do Vietnã e no sul da China. Anteriormente, o fenômeno havia deixado 94 mortos nas Filipinas.

No Vietnã, o tufão provocou deslizamentos de terra e inundações no sábado, matando ao menos oito pessoas e afetando mais de seis mil casas. O tufão danificou 3.300 hectares de arroz e outras plantações na região, de acordo com informações oficiais. A província de Lang Son, a 150 quilômetros de Hanói, foi a mais afetada, com quatro mortos.

Já as autoridades chinesas reportaram danos significativos nas províncias do sul do país nesta segunda-feira. Ao menos 26 morreram até esta manhã e outras 25 estavam desaparecidas ao longo das províncias de Guangdong, Hainan e Yunnan, bem como na região de Guangxi, segundo números do Ministério de Assuntos Civis.

O ministério estimou perdas econômicas de mais de 25 bilhões de yuans (US$ 4,02 bilhões).

As Filipinas foram as mais afetadas. Segundo números atualizados com dados até domingo, o tufão matou ao menos 94 pessoas, deixou seis desaparecidos e outros 437 feridos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também