Mundo

Trump diz que exército poderá abrir fogo se for apedrejado por migrantes

"Se alguém lançar pedras ou rochas, como fizeram no México, poderá ser alvo de disparos", afirmou o presidente norte-americano

Donald Trump: presidente afirmou que integrantes de caravana "passaram por cima" da polícia do México ao entrar no país (Mike Segar/Reuters)

Donald Trump: presidente afirmou que integrantes de caravana "passaram por cima" da polícia do México ao entrar no país (Mike Segar/Reuters)

E

EFE

Publicado em 1 de novembro de 2018 às 21h26.

Washington - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quinta-feira, 1, que as tropas enviadas à fronteira poderão abrir fogo caso sejam atacadas com pedras por integrantes da caravana procedente de Honduras.

"Se alguém lançar pedras ou rochas, como fizeram no México, poderá ser alvo de disparos, porque se te dão com uma pedra na cara...", ameaçou Trump durante uma coletiva na Casa Branca.

O presidente americano voltou a insistir que, ao entrar no México, os integrantes da caravana "passaram por cima" da polícia desse país e inclusive feriram militares que estavam na fronteira para impedir a entrada dos migrantes.

Acompanhe tudo sobre:Donald TrumpHondurasImigraçãoMéxico

Mais de Mundo

O que aconteceu com o Titan? Um ano após implosão, investigação ainda não foi concluída

Direito ao aborto é retirado da declaração do G7 por oposição da Itália

Suprema Corte dos EUA anula proibição de acessório que converte armas em metralhadoras

Israel bombardeia Gaza e tensões continuam na fronteira com o Líbano

Mais na Exame