Mundo

Temer: não se pode fazer governo com vassoura na mão

Vice-presidente acredita que Dilma Rousseff já resolveu os problemas e é hora do governo voltar a funcionar normalmente

"As decisões foram tomadas e o governo segue adiante" disse temer (Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)

"As decisões foram tomadas e o governo segue adiante" disse temer (Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)

DR

Da Redação

Publicado em 27 de setembro de 2011 às 16h58.

Nova York - O vice-presidente da República, Michel Temer, rebateu hoje as críticas de que a presidente Dilma Rousseff fez uma faxina incompleta nos setores do governo envolvidos em denúncias de corrupção, irregularidades e mau uso do dinheiro público. "Você não pode fazer um governo com a vassoura na mão. As decisões foram tomadas e o governo segue adiante", disse Temer a jornalistas, após discursar durante um almoço promovido pelo Conselho das Américas e Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, em Nova York.

Temer afirmou que mudança em ministérios "é algo mais do que natural". "Mas a administração não reduziu a atividade por causa dessas mudanças". Segundo o vice-presidente, não existe risco de uma crise institucional no País devido às denúncias envolvendo os ministérios. "Não há fatores que possam abalar a Presidência da República."

O vice-presidente disse ainda que a relação do governo com o PMDB vai muito bem e afirmou estar confiante em relação ao desempenho do PMDB nas eleições municipais de 2012 justamente por causa do sucesso do apoio do PMDB ao governo.

Acompanhe tudo sobre:GovernoGoverno DilmaMDB – Movimento Democrático BrasileiroMichel TemerPolítica no BrasilPolíticosPolíticos brasileiros

Mais de Mundo

Chanceler israelense ameaça Hezbollah libanês com 'guerra total'

Alemanha alerta risco de ataques terroristas semelhantes ao de Moscou

Sob críticas da Otan, Putin desembarca na Coreia do Norte para estreitar parceria 'estratégica'

Milei perde apoio em 18 de 24 municípios da Grande Buenos Aires, mostra pesquisa

Mais na Exame