Acompanhe:

Lula: "Se eu for multado vou trazer a conta para vocês"

Osasco - Após ser multado em 5 mil reais por campanha eleitoral antecipada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva evitou nesta quinta-feira citar o nome da pré-candidata do PT à Presidência, a ministra Dilma Rousseff, e disse que cobraria do público presente caso fosse novamente autuado. "Quem é que vai pagar a conta?" "Eu […]

Modo escuro

Continua após a publicidade
EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

H
Hugo Bachega e Alexandre Caverni

Publicado em 10 de outubro de 2010 às, 03h36.

Osasco - Após ser multado em 5 mil reais por campanha eleitoral antecipada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva evitou nesta quinta-feira citar o nome da pré-candidata do PT à Presidência, a ministra Dilma Rousseff, e disse que cobraria do público presente caso fosse novamente autuado. "Quem é que vai pagar a conta?"

"Eu não posso dizer para vocês gritarem um nome, porque eu já fui multado pela Justiça Eleitoral em 5 mil reais porque eles disseram que eu falei o nome de uma pessoa", disse Lula, ouvindo gritos de "Dilma, Dilma" da plateia.

Lula e a ministra estiveram em Osasco, na Grande São Paulo, onde inauguraram apartamentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). "Vou trazer a conta para vocês... Eu vou cobrar", brincou.

Na semana passada, o Tribunal Superior Eleitoral multou o presidente por propaganda eleitoral antecipada durante evento em Manguinhos (RJ) em maio do ano passado.

Lula disse que o PAC-2, a ser lançado em Brasília na segunda-feira, fará "muito mais" do que foi feito na primeira versão do programa. "Nós estamos fazendo um processo de reparação e eu tenho certeza de que isso vai continuar."

Últimas Notícias

Ver mais
Senado aprova isenção de IR para quem ganha até dois salários mínimos; veja o que muda
Economia

Senado aprova isenção de IR para quem ganha até dois salários mínimos; veja o que muda

Há 3 horas

Governo inclui despesa extra permitida pelo arcabouço, mas com trava para uso do dinheiro
Brasil

Governo inclui despesa extra permitida pelo arcabouço, mas com trava para uso do dinheiro

Há 6 horas

Lula cobra pedido de desculpas do governo do Equador ao México
Brasil

Lula cobra pedido de desculpas do governo do Equador ao México

Há 12 horas

Lewandowski vai à Câmara e defende 'saidinha' de presos
Brasil

Lewandowski vai à Câmara e defende 'saidinha' de presos

Há 13 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais