Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Rússia é único lugar onde um informante americano pode falar, diz Snowden

Em entrevista a uma rádio francesa, Snowden comentou que "o mais triste é que o único lugar, onde um informante americano pode falar, não é na Europa"

Asilado na Rússia após denunciar a vigilância eletrônica em massa promovida pelos Estados Unidos, o informante americano Edward Snowden disse que, para uma pessoa nas suas condições, apenas no país em que está é possível falar.

Em entrevista à rádio francesa France Inter, cujos trechos foram divulgados neste sábado (14), Snowden comentou que "o mais triste em todo caso (de vazamento das informações) é que o único lugar, onde um informante americano pode falar, não é na Europa, mas aqui (na Rússia)".

"Pedi asilo na França em 2013, durante (o mandato do ex-presidente socialista) François Hollande. Evidentemente, gostaria muito que (o atual presidente francês, Emmanuel) Macron me concedesse o direito de asilo", acrescentou Snowden.

Ele pediu proteção a cerca de 20 países - entre eles França e Alemanha -, que o rejeitaram por diferentes razões.

"Não é apenas uma questão da França, é o mundo ocidental. É o sistema em que vivemos. Proteger os informantes não tem nada de hostil. Acolher alguém como eu não é atacar os Estados Unidos", completou.

Em 17 de setembro, Edward Snowden lançará suas memórias em vários países, entre eles Estados Unidos, Brasil, França, Alemanha e Reino Unido.

Então funcionário da Agência de Segurança Nacional (NSA), Snowden revelou, em 2013, a existência de um sistema de vigilância mundial de comunicações e da Internet.

Conseguiu se asilar na Rússia em 2013, país onde seu visto de residência foi renovado até 2020. É causado de espionagem e roubo de segredos de Estado pelos EUA.

A íntegra da entrevista à rádio France Inter será publicada na segunda-feira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também