Manifestantes contrários e a favor de Mursi se enfrentam

Partidários se enfrentaram atirando pedras uns contra os outros no Cairo, enquanto as forças de segurança disparavam gás lacrimogêneo para tentar dispersá-los

Cairo - Partidários e opositores do presidente egípcio deposto Mohamed Mursi entraram em confronto no centro do Cairo nesta segunda-feira, atirando pedras uns contra os outros, enquanto as forças de segurança disparavam gás lacrimogêneo para tentar dispersá-los, disseram testemunhas.

A televisão estatal disse que uma pessoa morreu e sete ficaram feridas no pior incidente de violência na capital egípcia desde 16 de julho, quando sete pessoas morreram nos confrontos.

Manchas de sangue e vidro quebrado cobriam o chão entre os dois lados que lutavam, e feridos eram retirados do local em motos.

A televisão estatal disse que sete partidários de Mursi foram presos e duas armas foram apreendidas com eles. Um correspondente da Reuters também viu dois ativistas contrários a Mursi segurando armas caseiras. Ambos os lados atiravam rojões.

Algumas centenas de manifestantes que apoiam o movimento Irmandade Muçulmana, de Mursi, pareciam tentar seguir em marcha sobre a praça Tahir, o epicentro de demonstrações gigantescas que levaram o Exército do Egito a derrubar o líder islâmico eleito em 3 de julho.

"Eles dispararam contra nós com espingardas e pistolas. Eles tentaram invadir a praça", disse Tarik Sabir, de 41 anos, funcionário de uma empresa de petróleo que ficou ferido na coxa por um tiro de espingarda.

Cerca de 100 pessoas morreram na violência desde a queda de Mursi no início deste mês -- a maioria, simpatizantes da Irmandade Muçulmana.

Os confrontos de segunda-feira foram o último exemplo de violência na praça Tahir, um ponto central para manifestações desde os protestos em massa que levaram à queda do autocrata Hosni Mubarak em fevereiro de 2011.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.