Acompanhe:

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump pode ficar inelegível em mais um estado. Nessa quarta-feira, 28, uma juíza do estado de Illinois proibiu que o nome do bilionário estivesse presente na votação das primárias republicanas. Segundo a agência Reuters, ela tornou a decisão sem efeito prático (suspendeu) à espera de um julgamento da Suprema Corte do país, que definirá casos semelhantes que aconteceram em outros estados. As primárias republicanas de Illinois estão agendadas para 19 de março.

Ela teve o mesmo entendimento de magistrados de outros estados sobre a 14ª Emenda, que desqualifica pessoas que se envolveram em insurreição contra a Constituição depois de terem prestado juramento de apoio a ela.

Segundo a CNN internacional, Trump pode recorrer da decisão em tribunais estaduais do Illinois e já reverteu determinações semelhantes em diversos estados.

Em dezembro, a Suprema Corte do Colorado abriu caminho para a discussão jurídica ao decidir que Donald Trump era inapto para cargos públicos e, portanto, não poderia ser candidato a presidente dos Estados Unidos. Depois, autoridades do Maine tiveram entendimento semelhante.

A decisão final sobre o caso caberá à Suprema Corte dos Estados Unidos.  

Caso do Illinois

Eleitores de Illinois recorreram à juíza do circuito do condado de Cook, Tracie Porter, alegando que Trump violou a cláusula anti-insurreição da 14ª emenda da Constituição.

Porter se baseou fortemente na decisão anterior da Suprema Corte do Colorado, chamando o "raciocínio do Colorado de convincente".

"A corte também reconhece a magnitude desta decisão e seu impacto nas próximas eleições primárias de Illinois", escreveu Porter, segundo a CNN. "O Conselho Estadual de Eleições de Illinois deve remover Donald J. Trump da cédula para a Eleição Primária Geral em 19 de março de 2024, ou fazer com que quaisquer votos dados a ele sejam suprimidos."

Julgamento na Suprema Corte

Em um caso relacionado, a Suprema Corte dos EUA anunciou no último dia 8 que vai decidir se o ex-presidente Donald Trump tem imunidade no caso em que é acusado de tentar interferir nas eleições de 2020, quando foi derrotado pelo democrata Joe Biden.

Leia mais: Suprema Corte julgará 2º caso contra Trump e dirá se ele tem imunidade

A argumentação foi marcada para a semana do dia 22 de abril, em um caso que pode afetar diretamente a corrida eleitoral no país.

Processos de Trump e as eleições

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Trump comparece à seleção de júri que decidirá sua sorte em tribunal de Nova York
Mundo

Trump comparece à seleção de júri que decidirá sua sorte em tribunal de Nova York

Há 12 horas

Suprema Corte dos EUA analisa caso de obstrução da posse de Biden
Mundo

Suprema Corte dos EUA analisa caso de obstrução da posse de Biden

Há 14 horas

Trump começa a ser julgado e diz que processo contra ele é 'ataque aos EUA'
Mundo

Trump começa a ser julgado e diz que processo contra ele é 'ataque aos EUA'

Há um dia

Julgamento criminal de Donald Trump começa em Nova York nesta segunda
Mundo

Julgamento criminal de Donald Trump começa em Nova York nesta segunda

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais