Acompanhe:

Ex-prefeito de NY, Bloomberg anuncia pré-candidatura nos EUA

Com uma fortuna pessoal de US$ 50 bilhões, Bloomberg ingressa na disputa democrata com outros 17 pré-candidatos e o ex-vice-presidente Joe Biden como líder

Modo escuro

Continua após a publicidade
Michael Bloomberg: ex-prefeito de Nova York anunciou em seu site que pretende derrotar Donald Trump nas eleições do ano que vem (Shannon Stapleton/Reuters)

Michael Bloomberg: ex-prefeito de Nova York anunciou em seu site que pretende derrotar Donald Trump nas eleições do ano que vem (Shannon Stapleton/Reuters)

A
AFP

Publicado em 24 de novembro de 2019 às, 13h16.

Última atualização em 25 de novembro de 2019 às, 11h40.

O ex-prefeito de Nova York Michael Bloomberg anunciou neste domingo (24) que é candidato à indicação democrata para a eleição presidencial dos Estados Unidos em 2020. Agora, ele faz parte de uma lista de ao menos 18 pré-candidatos democratas.

"Sou candidato à presidência para derrotar Donald Trump e reconstruir a América", disse o bilionário de 77 anos em seu site.

O anúncio põe fim à especulação sobre as intenções de Bloomberg, que há semanas insinua sua intenção de concorrer às primárias do Partido Democrata, das quais o rival de Trump sairá para as eleições presidenciais.

 

"Não podemos suportar as ações imprudentes e antiéticas do presidente Trump por mais quatro anos", disse o ex-prefeito de Nova York entre 2002 e 2013.

"Representa uma ameaça existencial ao nosso país e aos nossos valores. Se vencer a presidência novamente, poderemos nunca mais nos recuperar dos danos".

Com uma fortuna pessoal de US$ 50 bilhões, Bloomberg ingressa em uma disputa com outros 17 pré-candidatos, com o ex-vice-presidente Joe Biden liderando, segundo pesquisas, seguido por Elizabeth Warren, Bernie Sanders e Pete Buttigieg.

Últimas Notícias

Ver mais
Incêndio no Texas é tão grande que pode ser visto do espaço
Mundo

Incêndio no Texas é tão grande que pode ser visto do espaço

Há um dia

Câmara dos Representantes dos EUA aprova lei de gasto temporário para evitar shutdown
Mundo

Câmara dos Representantes dos EUA aprova lei de gasto temporário para evitar shutdown

Há um dia

Eleições nos EUA: entenda como estão todos os processos contra Donald Trump
Mundo

Eleições nos EUA: entenda como estão todos os processos contra Donald Trump

Há um dia

PCE: índice de inflação nos EUA mantém queda e vai a 2,4% em janeiro
Economia

PCE: índice de inflação nos EUA mantém queda e vai a 2,4% em janeiro

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais