Acompanhe:

Condenado pelo assassinato de George Floyd, o ex-policial de Minneapolis Derek Chauvin foi esfaqueado em uma prisão federal em Tucson, no estado americano do Arizona, nesta sexta-feira. O chefe de polícia da cidade e o procurador-geral de Minnesota confirmaram que Chauvin está em condição estável.

“Estou triste em saber que Derek Chauvin foi alvo de violência. Ele foi devidamente condenado por seus crimes e, como qualquer indivíduo encarcerado, deveria poder cumprir sua pena sem medo de retaliação ou violência", disse Ellison à CNN em comunicado. O gabinete do procurador-geral do estado processou Chauvin no caso George Floyd.

A atualização sobre o estado de saúde do ex-policial foi confirmada pelo chefe de polícia de Minneapolis, Brian O'Hara, que disse à estação de TV local KSTP-TV que recebeu a notícia de "parceiros federais de aplicação da lei".

“Estamos gratos por ele estar em condição estável”, afirmou O'Hara, acrescentando que “qualquer pessoa que seja agredida desta forma, independentemente do que tenha sido acusado, merece estar segura e isso certamente não é motivo para qualquer comemoração”.

O Federal Bureau of Prisons confirmou que um presidiário do local foi esfaqueado às 12h30, embora o comunicado da agência não tenha identificado o nome de Chauvin. Nenhum outro preso ou pessoal penitenciário ficou ferido, e a situação foi rapidamente contida, segundo pessoas a par da situação contatadas pelo New York Times.

Técnicos de emergência médica “iniciaram medidas de salvamento” antes de transportar o recluso para um hospital local “para tratamento e avaliação adicionais”, escreveram funcionários do departamento em um comunicado.

O ex-policial cumpre pena de pouco mais de 20 anos em uma prisão federal depois de ser condenado por acusações estaduais de homicídio e por uma acusação federal de violação dos direitos constitucionais. Os advogados de Chauvin não responderam aos pedidos de comentários.

O assassinato de George Floyd

Chauvin, que é branco, ajoelhou-se sobre Floyd, que era negro, por nove minutos e meio em maio de 2020, enquanto Floyd estava algemado, de bruços, em uma esquina no sul de Minneapolis. O assassinato de Floyd, segurança e ex-rapper, foi capturado em vídeo por um adolescente, e a filmagem circulou em todo o mundo, enquanto as pessoas se isolavam em meio à pandemia de Covid-19.

O assassinato desencadeou uma onda de protestos contra a violência policial e o racismo e levou a um julgamento televisivo de grande repercussão, no qual Chauvin foi condenado por homicídio de segundo grau em abril de 2021. Três outros policiais que estavam na cena onde Floyd foi morto também foram posteriormente condenados por violar os direitos da vítima.

Chauvin tentou recorrer da sua condenação, mas ainda esta semana o Supremo Tribunal rejeitou os seus esforços. Parte do acordo judicial de Chauvin com os promotores em seu caso federal era que ele teria permissão para cumprir sua pena em uma prisão federal, que geralmente é considerada mais segura do que uma prisão estadual.

Mas houve vários outros ataques de alto nível contra prisioneiros federais nos últimos anos, incluindo o esfaqueamento no início deste ano de Larry Nassar, que foi condenado por abusar sexualmente de jovens ginastas, e o assassinato em 2018 de James (Whitey) Bulger, o mafioso que foi assassinado em uma prisão da Virgínia.

O Bureau of Prisons tem lutado contra uma escassez generalizada de agentes penitenciários e tem contado com professores, gestores de crise, conselheiros, funcionários de instalações e secretárias para preencher os turnos.

Cerca de 21% dos 20.446 cargos para agentes penitenciários financiados pelo Congresso – 4.293 guardas – ficaram vagos em setembro de 2022, de acordo com um relatório de março de 2023 do gabinete do inspetor-geral do Departamento de Justiça.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
EUA e Reino Unido atacam 18 alvos huthis no Iêmen
Mundo

EUA e Reino Unido atacam 18 alvos huthis no Iêmen

Há 3 horas

Entre brigas, insultos e promessas, Macron visita Salão da Agricultura em Paris
Mundo

Entre brigas, insultos e promessas, Macron visita Salão da Agricultura em Paris

Há 4 horas

Israel examina propostas que dão 'margem para avançar' para uma trégua em Gaza
Mundo

Israel examina propostas que dão 'margem para avançar' para uma trégua em Gaza

Há 4 horas

Mãe de Navalny recebeu o corpo de russo morto na prisão
Mundo

Mãe de Navalny recebeu o corpo de russo morto na prisão

Há 9 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais