Mundo

EUA ameaçam responder caso Síria use armas químicas novamente

O governo americano afirmou que está monitorando a ofensiva síria em Idlib, que conta com apoio russo e turco

Síria: os EUA afirmaram que os aliados responderão propositalmente se o governo sírio usar armas químicas (SANA/Reuters)

Síria: os EUA afirmaram que os aliados responderão propositalmente se o governo sírio usar armas químicas (SANA/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 4 de setembro de 2018 às 15h36.

Washington - A Casa Branca alertou nesta terça-feira que os Estados Unidos e aliados responderão "rápida e apropriadamente" se o presidente da Síria, Bashar al-Assad, usar armas químicas novamente.

A Casa Branca também disse em um comunicado que está monitorando de perto os acontecimentos na região controlada pelos rebeldes de Idlib, onde o governo sírio deve montar uma ofensiva que pode desencadear um desastre humanitário.

Acompanhe tudo sobre:Armas químicasBashar al-AssadEstados Unidos (EUA)Guerra na SíriaSíria

Mais de Mundo

Júri começa a deliberar no julgamento de filho de Joe Biden

Hungria: partido de Orbán mantém maioria na UE, mas vê ascenção de grupo rival

Conselho de Segurança aprova resolução para cessar-fogo em Gaza apoiada pelos EUA

Lula e Putin conversam sobre Ucrânia por telefone

Mais na Exame