Estado Islâmico ordena novos ataques após atentados em Paris

O grupo extremista ordenou novos ataques contra os países ocidentais, elogiando os atentados executados pelos jihadistas, principalmente em Paris

Beirute - O grupo extremista Estado Islâmico (EI) ordenou nesta segunda-feira a realização de novos ataques contra os países ocidentais, elogiando os atentados executados pelos jihadistas, principalmente os ocorridos na França.

"Pedimos aos muçulmanos da Europa e do Ocidente infiel que ataquem em todos os lugares (...) nós prometemos aos cristãos que eles continuarão vivendo em estado de alerta, de terror, de medo e de insegurança (...) Vocês ainda não viram nada", afirmou Mohammad al-Adnani, porta-voz do EI em uma mensagem de áudio postada na internet.

Uma série de atentados jihadistas deixou 17 mortos no início de janeiro em Paris. Os irmãos Kouachi atacaram em 7 de janeiro a sede da revista Charlie Hebdo, matando 12 pessoas, em uma ação reivindicada pela Al-Qaeda na Península Arábica.

Amedy Coulibaly, por sua vez, matou um policial em 8 de janeiro e quatro pessoas em um supermercado judeu no dia 9, e assumiu pertencer ao grupo Estado Islâmico.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também