Mundo

Cruz Vermelha envia nova ajuda humanitária à Venezuela

O carregamento inclui medicamentos básicos, como antibióticos e anti-inflamatórios, produtos descartáveis e equipamentos médicos doados pela Itália

Venezuela: País recebe primeiro ajuda europeia levada pela Cruz Vermelha (Agence France-Presse/AFP)

Venezuela: País recebe primeiro ajuda europeia levada pela Cruz Vermelha (Agence France-Presse/AFP)

A

AFP

Publicado em 31 de julho de 2019 às 13h41.

A Federação Internacional da Cruz Vermelha (FICV) enviou um terceiro carregamento para a Venezuela com 34 toneladas de ajuda humanitária doada pela Itália - informou a organização em um comunicado à imprensa nesta quarta-feira (31).

O carregamento, o primeiro que chega da Europa, inclui medicamentos essenciais, como antibióticos e anti-inflamatórios, produtos descartáveis e equipamentos médicos, como desfibriladores, segundo a organização.

A nova carga se soma às já enviadas em abril e junho e foi coordenada pela Cruz Vermelha Italiana "com o apoio do Ministério italiano das Relações Exteriores e doadores privados", acrescenta o texto.

Os envios da Cruz Vermelha italiana para a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho "visam a fornecer uma gama de serviços de saúde para 650 mil pessoas na Venezuela por 12 meses".

"Sabemos que essa remessa não atenderá a todas as necessidades do país: pedimos a todos os parceiros e doadores que apoiem nosso chamado para aliviar o sofrimento dos venezuelanos", disse o presidente da FICV e da Cruz Vermelha Italiana, Francesco Rocca, citado no comunicado.

Acompanhe tudo sobre:Cruz VermelhaItáliaVenezuela

Mais de Mundo

De Niro chama Trump de 'palhaço' em frente a tribunal e pede votos para Biden; veja o vídeo

Por que os EUA ainda não colocaram humanos em Marte?

China apresenta exército de cães robôs equipados com metralhadoras; veja o vídeo

Estoque de urânio do Irã preocupa comunidade internacional

Mais na Exame