Acompanhe:

Mais de vinte incêndios florestais assolaram, na quarta-feira, 24, a Colômbia, onde o governo declarou "calamidade pública" em duas regiões do centro do país devido a conflagrações associadas ao fenômeno El Niño.

O incêndio consumiu cerca de 600 hectares de floresta nos departamentos de Cundinamarca – onde fica a capital Bogotá – e Santander, segundo comunicado da Unidade Nacional de Gestão de Riscos de Desastres (UNGRD) do estado, que declarou emergência em ambas as regiões.

A medida libera recursos para "enfrentar rapidamente o impacto negativo sobre os recursos naturais do departamento", disse o governador de Cundinamarca, Jorge Emilio Rey. Outros sete departamentos também foram afetados pelo incêndio.

"Existem atualmente 25 incêndios florestais no território nacional", informou a UNGRD. As autoridades estão investigando se foram causados pela ação humana.

Cobertos por uma névoa de fumaça, os habitantes de Chapinero, um dos bairros mais comerciais de Bogotá, caminharam durante a noite usando máscaras.

Com desconforto nos olhos e na garganta, Marisol Santana disse que estava "aguardando" os anúncios oficiais. "Há muitas cinzas", disse à AFP esta garçonete de 50 anos, usando máscaras como "a maioria das pessoas" que viu na região.

"Vamos ver se conseguem apagar o fogo esta noite porque o vento está muito forte", lamentou.

Ecossistemas vitais para o ciclo da água localizados em altas montanhas também foram atingidos, como o Páramo de Berlim, em Santander, onde parte da sua tradicional vegetação frailejones foi consumida pelas chamas.

"Traremos ajuda internacional, que nestes casos se torna essencial", antecipou o presidente Gustavo Petro durante evento em Nariño (sudoeste), sem especificar quais países participarão das operações.

Nos últimos meses, a Colômbia enfrentou graves incêndios florestais devido ao calor extremo e às secas derivadas do El Niño, que deverão durar até junho, agravadas pelo aquecimento global.

Sete municípios do norte, centro e leste do país registraram na quarta-feira temperaturas até 39ºC.

A autoridade climática Ideam tem 883 dos 1.101 municípios colombianos sob alerta de incêndio, mais da metade (586) em alerta vermelho.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Prefeito de Bogotá sugere à população banho em dupla para economizar água em meio à crise hídrica
Mundo

Prefeito de Bogotá sugere à população banho em dupla para economizar água em meio à crise hídrica

Há 3 dias

Lula receberá pedido do presidente da Colômbia para vender derivados da maconha ao Brasil
Brasil

Lula receberá pedido do presidente da Colômbia para vender derivados da maconha ao Brasil

Há 3 dias

Governo da Colômbia e ELN se reúnem em Caracas para destravar processo de paz
Mundo

Governo da Colômbia e ELN se reúnem em Caracas para destravar processo de paz

Há 3 dias

Lula discutirá crise entre México e Equador em encontro com presidente da Colômbia
Brasil

Lula discutirá crise entre México e Equador em encontro com presidente da Colômbia

Há 4 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais